A educação municipal em Rio Branco no contexto da pandemia: dispositivos operacionais e a organização do trabalho pedagógico escolar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2120

Palavras-chave:

Educação; Diretrizes; Orientações educacionais; Ensino Remoto; Pandemia.

Resumo

As circunstâncias trazidas pela pandemia da covid-19 impuseram, em escala planetária, a necessidade de adoção de um conjunto de medidas que acabou por produzir novas formas de relacionamento e convivência social pautadas pelo distanciamento e pelo isolamento social. No caso da educação escolar, por exemplo, impôs-se aos sistemas de ensino a definição de novas sistemáticas de organização do trabalho pedagógico como alternativa que, de alguma maneira, daria respostas à sociedade, às famílias e à própria comunidade escolar mormente à suspensão das atividades presencias letivas do ano de 2020. Considerando tal contexto este artigo tem como objetivo analisar as diretrizes gerais e os procedimentos administrativos e pedagógicos formulados pela administração do sistema público de ensino municipal de Rio Branco. O estudo se organiza a partir de análise documental na qual são sistematizadas as diretrizes legais, pedagógicas e administrativas, elaboradas no período de pandemia. Busca-se, nessa perspectiva, extrair as incidências dessas orientações e em que medida elas expressam novas dinâmicas de organização e lógicas para a natureza do trabalho pedagógico com crianças desde a educação infantil e até o quinto ano do ensino fundamental e quais são as implicações dessas determinações sobre a organização do trabalho pedagógico de professores(as).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mark Clark Assen de Carvalho, Universidade Federal do Acre

Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), com Estágio Pós-Doutoral realizado na UFPA. Professor Titular do Centro de Educação, Letras e Artes da UFA; Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFAC e do Doutorado em Educação da Rede Educanorte/UFPA.

Rafael Marques Gonçalves, Universidade Federal do Acre

Doutor em Educação pela UERJ. Professor Adjunto do Centro de Educação, Letras e Artes da UFAC. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFAC.

Jean Mauro de Abreu Morais, Educanorte - UFAC/UFPA

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Acre. Doutorando em Educação pela Rede Educanorte/UFPA. Professor da rede pública estadual de educação básica do Acre.

Josenir de Araújo Calixto, Professor da rede pública estadual de educação básica do Acre

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Acre. Professor da rede pública estadual de educação básica do Acre.

Referências

ACRE. Conselho Estadual de Educação. Resolução 209/2020, estabelece normas operacionais para o Sistema Estadual de Ensino do Estado do Acre, relativo à avaliação e integralização de carga horária executadas durante o regime especial de aulas não presenciais no ano letivo de 2020 na educação básica e dá outras providências. Rio Branco: Diário Oficial do Estado, 15/out, 2020. Disponível em: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=402704#:~:text=%2D%20Estabelece%20normas%20operacionais%20para%20o,B%C3%A1sica%20e%20d%C3%A1%20outras%20provid%C3%AAncias. Acesso em: 18.out.2020.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Parecer nº5/2020, CNE/CP. Define diretrizes para reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da COVID-19. Brasília: Diário Oficial da União, 04/mai,2020. Disponível em: www.in.gov.br/web/dou/-/sumula-do-parecer-cne/cp-n-5/2020-254924735. Acesso: 1.out.2020.

BRASIL. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Censo da Educação Básica: Sinopse Estatística da Educação Básica. Brasília, 2020.

CGI. Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nos domicílios brasileiros: TIC domicílios 2018. São Paulo,2019.

DUARTE, Natalia; MELO Adriana Almeida Sales. Educação básica na pandemia: o caso DF. Associação Nacional de Política e Administração da Educação. Revista Educação Básica em Foco, v.1, n1, abril a junho de 2020.

GALLO, S. Deleuze e a educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2008

LAGARES, Rosilene. A educação no Tocantins no cenário da pandemia do novo coronavírus: desvelamento de desigualdades. Associação Nacional de Política e Administração da Educação. Revista Educação Básica em Foco, v.1, n1, abril a junho de 2020.

NASCIMENTO, Rosenery Pimentel; SILVA, Itamar Mendes. Ações adotadas pelas secretarias de educação do estado do Espírito Santo e na região metropolitana de Vitória durante o período da pandemia causada pela covid-19. Associação Nacional de Política e Administração da Educação. Revista Educação Básica em Foco, v.1, n1, abril a junho de 2020.

OLIVEIRA, Adriana Cristina de; et all. O QUE A PANDEMIA DA COVID-19 TEM NOS ENSINADO SOBRE ADOÇÃO DE MEDIDAS DE PRECAUÇÃO? Texto contexto - enferm., Florianópolis, v. 29, e20200106, 2020 Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072020000100201&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 11 nov. 2020.

PEREIRA, Maria Simone Ferraz; SILVA, Marcelo Soares Pereira. Educação básica em Minas Gerais no contexto da pandemia e na trilha do Partido “Novo”. Associação Nacional de Política e Administração da Educação. Revista Educação Básica em Foco, v.1, n1, abril a junho de 2020.

RIO BRANCOa, Secretaria Municipal de Educação. PLANO DIRETOR PARA O RETORNO DAS ATIVIDADES PRESENCIAS NAS ESCOLAS DE RIO BRANCO. Rio Branco, 2020.

RIO BRANCOb, Secretaria Municipal de Educação. PLANO PARA IMPLEMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES PEDAGÓGICAS E AULAS NÃO PRESENCIAIS, DURANTE PERÍODO DE SUSPENSÃO DAS AULAS, EM VIRTUDE DA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS. Rio Branco, 2020.

RIO BRANCOc, Conselho Municipal de Educação. Parecer nº1/2020. Orienta a reorganização do calendário escolar de 2020 das instituições educativas públicas e privadas que compõem o sistema Municipal de Educação de Rio Branco-Acre e a realização de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da COVID-19. Rio Branco: Diário Oficial do Município 19/jun,2020. Disponível em: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=397195. Acesso em 1.out.2020

SAVIANI, Dermeval. Crise estrutural, conjuntura nacional, coronavirus e educação – o desmonte da educação nacional. Revista Exitus, Santarém/PA, Vol. 10, p. 01-25, e 020063, 2020.

UNESCO. Global Education Monitoring Report 2020:

Inclusion and education: All means all. Paris, 2020.

Downloads

Publicado

2021-01-06

Como Citar

Assen de Carvalho, M. C., Marques Gonçalves, R., Abreu Morais, J. M. de ., & Araújo Calixto, J. de. (2021). A educação municipal em Rio Branco no contexto da pandemia: dispositivos operacionais e a organização do trabalho pedagógico escolar. Revista Educar Mais, 5(1), 125-138. https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2120