COMPARTILHANDO E RECONSTRUINDO ESTRATÉGIAS DIDÁTICAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS

Autores

  • Alini Cabreira Corrêa

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.1.2016.%25p.495

Resumo

O Ensino de Ciências é fundamental na medida em que fortalece o espírito investigativo, explora as curiosidades, bem como reconhece as explicações e hipóteses espontâneas dos alunos, além de desenvolver nos professores a consciência da significância dos temas desenvolvidos em sala de aula, por meio das metodologias e recursos didáticos utilizados. Neste sentido a presente pesquisa tem a intenção de verificar as diferentes metodologias usadas pelos professores, ao desenvolverem os conteúdos, na área das ciências naturais. Objetivam-se com este trabalho identificar as estratégias didáticas utilizadas pelos professores dos 5º Anos do Ensino Fundamental, na área das ciências naturais. Em termos metodológicos de pesquisa utilizaremos investigações de cunho quantitativos na forma de questionário fechado na escolha dos professores a serem entrevistados, complementando com outros instrumentos desta vez, semiestruturado, para conhecer as diversas estratégias didáticas pedagógicas. A investigação qualitativa será caracterizada na análise documental dos planos de estudos e dos projetos políticos pedagógicos, sendo desenvolvida, com docentes e discentes de vinte e três escolas municipais de Pelotas/RS, localizadas na zona rural. Tendose como hipótese a necessidade da qualificação das práticas pedagógicas dos professores, no ensino das ciências naturais, de forma a valorizar o trabalho desenvolvido por eles. Como produto final, a construção de um dialógico que oportunize a partilha de experiências acerca das metodologias didáticas, bem como tecnologias educacionais utilizadas para o Ensino de Ciências em um espaço que possa socializar estas ferramentas.

Downloads

Publicado

2017-05-24

Como Citar

Corrêa, A. C. (2017). COMPARTILHANDO E RECONSTRUINDO ESTRATÉGIAS DIDÁTICAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS. Revista Educar Mais, 1(1). https://doi.org/10.15536/reducarmais.1.2016.%p.495

Edição

Seção

Artigos