O projeto ‘Aulas em Casa’ e a educação remota durante a pandemia do COVID-19: análise da experiência do estado do Amazonas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2220

Palavras-chave:

Educação, Pandemia, Ensino Remoto

Resumo

Em decorrência da pandemia do COVID-19 foram suspensas as aulas presenciais das escolas em todo o mundo. No Amazonas, as secretarias de educação do estado e do município de Manaus implantaram um projeto denominado ‘Aula em Casa’ que disponibiliza conteúdos através da televisão aberta, aplicativo de celular, YouTube, Facebook e um ambiente virtual de aprendizagem. O objetivo deste trabalho foi analisar esse projeto a partir das narrativas de docentes sobre as condições de oferta do ensino remoto realizadas em Manaus/AM à luz da teoria histórico-cultural. Participaram do estudo seis docentes que atuam na rede pública estadual e municipal, que semanalmente produziram relatos de suas experiências durante o confinamento social. Foram identificados os principais obstáculos e analisadas as soluções adotadas pelo governo local. Conclui-se que não foram considerados os impactos da pandemia na vida das pessoas, os esforços centraram-se na transmissão de conteúdo desconsiderando a importância da mediação pedagógica. As saídas para uma questão tão complexa devem ser construídas em parceira com toda a comunidade escolar, em especial ampliando a compreensão do processo pedagógico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Iolete Ribeiro da Silva, Universidade Federal do Amazonas

Docente da Universidade Federal do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia e Programa de Pós-Graduação em Educação.

Camila Ribeiro da Silva, Universidade Federal do Amazonas

Psicóloga e Pedagoga. Egressa da Universidade Federal do Amazonas, Faculdade de Educação.

Referências

ALVES, Maria Teresa Gonzaga; SOARES, José Francisco; XAVIER, Flavia Pereira. Índice socioeconômico das escolas de educação básica brasileiras. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 22, n. 84, p. 671-703, set. 2014 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362014000300005&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 13 nov. 2020. https://doi.org/10.1590/S0104-40362014000300005.

ATLAS dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Amazonas. Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Programa de Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia (PPGCASA). Manaus: UFAM/PPGCASA, 2020. Disponível em: <https://www.atlasodsamazonas.ufam.edu.br/>. Acesso em: 25 set. 2020.

GARCIA-PARPET, Marie-France. Coup d’œil sur l’éducation au Brésil de Bolsonaro: Pas de financements pour la philosophie et la sociologie : il faut respecter l’argent du contribuable. Savoir/Agir, v. 49, n. 3, p. 95-103, 2019.

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO AMAZONAS (CEE/AM). Resolução Nº 30 de 18 de março de 2020. Dispõe sobre o regime especial de aulas não presenciais no Sistema de Ensino do Estado do Amazonas, como medida preventiva à disseminação do COVID-19. Disponível em http://www.educacao.am.gov.br/wp-content/uploads/2020/03/Resolucao-30-ano-2020-1.pdf Acesso 20 de setembro de 2020.

CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. Manifestação do CONANDA sobre o direito à educação de crianças e adolescentes durante a pandemia do covid-19. Brasília, DF: CONANDA, 2000.

FUNDAÇÃO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (FVS-AM). Boletim diário de casos COVID-19. Disponível em http://www.fvs.am.gov.br/media/publicacao/13_12_20_BOLETIM_DI%C3%81RIO_DE_CASOS_COVID-19.pdf Acesso em 10 de dezembro de 2020

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Pesquisa por Amostra Domiciliar Contínua (PNADC) de 2017. Brasília, DF: IBGE, 2017.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - Tecnologia da Informação e Comunicação (Pnad Contínua TIC) de 2018. Brasília, DF: IBGE, 2019.

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E DESPORTO DO AMAZONAS (SEDUC). Gabinete do Secretário. Portaria GS Nº 311 de 20 de março de 2020. Institui, no âmbito da rede pública estadual de ensino do Amazonas, o regime especial de aulas não presenciais, para a educação básica, como medida preventiva à disseminação do COVID-19. Disponível em http://www.educacao.am.gov.br/wp-content/uploads/2020/03/Portaria-GS-311-de-20-03-20-20-03-2020-5-26-PM-1.pdf Acesso 20 de setembro de 2020. 2020a.

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E DESPORTO DO AMAZONAS (SEDUC). Secretaria Executiva Adjunta Pedagógica. Departamento de Políticas e Programas Educacionais. Diretrizes Pedagógicas para o Regime Especial de Aulas Não Presenciais. Disponível em http://www.educacao.am.gov.br/wp-content/uploads/2020/03/DIRETRIZES-PEDAGoGICAS-23.03.pdf Acesso em 20 de setembro de 2020. 2020b

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E DESPORTO DO AMAZONAS (SEDUC). Secretaria Executiva Adjunta Pedagógica. Nota de Esclarecimento à Comunidade Escola Acerca do Regime Especial de Aulas Não Presenciais. Disponível em http://www.educacao.am.gov.br/wp-content/uploads/2020/03/NOTA-DE-ESCLARECIMENTO-A-COMUNIDADE-ESCOLAR.pdf Acesso 20 de setembro de 2020. 2020c.

MICHETTI, Miqueli. Entre a legitimação e a crítica: as disputas acerca da Base Nacional Comum Curricular. Revista Brasileira de Ciências Sociais. v. 35, n.102, p. 1-19, 2020.

TARABINI, Aina. ¿Para qué sirve la escuela? Reflexiones sociológicas en tiempos de pandemia global. RASE: revista de sociología de la educación. v. 13, n. 2, p. 145-155, 2020.

UNICEF intensifica entrega de Kits ‘Rumo ao Enem’, em Manaus. Portal A Crítica. Caderno Ação Social. 10/12/2020. Disponível em https://www.acritica.com/channels/educacao/news/unicef-intensifica-entrega-de-kits-rumo-ao-enem-em-manaus. Acesso em 10 de dezembro de 2020.

Downloads

Publicado

2021-01-06

Como Citar

Ribeiro da Silva, I., & Ribeiro da Silva, C. . (2021). O projeto ‘Aulas em Casa’ e a educação remota durante a pandemia do COVID-19: análise da experiência do estado do Amazonas: . Revista Educar Mais, 5(1), 25-34. https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2220