Ensino da Geometria nos anos finais do Ensino Fundamental: um problema sistêmico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.6.2022.2648

Palavras-chave:

Pesquisa, Educação Matemática, PISA, Desempenho

Resumo

O presente artigo é uma pesquisa bibliográfica cujo objetivo consiste em investigar alguns fatores que nos permitam enxergar as dificuldades apresentadas no ensino de geometria no Ensino Fundamental como um problema sistêmico. Para tanto, buscamos informações nos documentos do Programme for International Student Assessment - PISA, bem como em relatórios fornecidos pelo Inep, dos quais mostraremos os resultados do desempenho médio em Matemática e os níveis de proficiência de alunos participantes do Brasil e da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e o desempenho desses alunos na categoria de conteúdo, espaço e forma, na disciplina de Matemática. Esses resultados representam indicativos que nos permitem deduzir que não é de hoje os obstáculos no ensino de geometria no Ensino Fundamental, pois não é somente um problema citado por alguns docentes de forma isolada, mas, sim, é um problema típico do mundo em que vivemos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Débora de Sales Fontoura da Silva Frantz, Universidade Franciscana - UFN

Doutoranda do curso de doutorado em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Franciscana (UFN), mestrado em Ensino de Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2015), Pós-Graduação Lato Sensu em Orientação escolar, Supervisão e Gestão escolar pelo Centro Universitário Internacional (2018), Pós-Graduação Lato Sensu em Ensino de Matemática com ênfase em Física, Estatística e Informática Educativa pela Universidade de Santa Cruz do Sul (2010) e Graduação em Matemática Licenciatura Plena pela Universidade de Santa Cruz do Sul (2008). Tem experiência na área de Matemática e ensino de Matemática, atuou como docente de Matemática no Ensino Fundamental e Ensino Médio na rede pública e privada do município de Santa Cruz do Sul – RS.

Vanilde Bisognin, Universidade Franciscana - UFN

Possui graduação em Licenciatura Plena Em Matemática pela Universidade Federal de Santa Maria (1971), mestrado em Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1978) e doutorado em Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992). Atualmente é professor titular da Universidade Franciscana (UFN). Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Ensino de Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino e aprendizagem de matemática, modelagem matemática, comportamento assintótico de soluções de modelos matemáticos definidos por equações diferenciais. 

Referências

ALMOULOUD, Saldo Ag. et. al. A geometria no ensino fundamental: reflexões sobre uma experiência de formação envolvendo professores e alunos. Revista Brasileira de Educação. Set/Out/Nov/Dez 2004 no27. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rbedu/a/xzRGKxDRJ6XS4ZXxLnBTkFL/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em: 11 nov. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Avaliação Internacional: Média em Mátemática está entre as menores do Pisa. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/ultimas-noticias/222-537011943/42771-media-em-matematica-esta-entre-as-menores-do-pisa>. Acesso em: 26 fev. 2021.

_________. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Relatório Brasil no PISA 2018 (versão preliminar). (2019). Brasília-DF Inep/MEC. Disponível em: <https://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/pisa/documentos/2019/relatorio_PISA_2018_preliminar.pdf>. Acesso em: 28 jan. 2021.

_________. Ministério da Educação. Matemática será a principal disciplina cobrada no Pisa 2021. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/33571>. Acesso em: 11 nov. 2021.

_________. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Relatório Nacional PISA 2012: resultados brasileiros. São Paulo: Fundação Santillana/Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Disponível em: <https://download.inep.gov.br/acoes_internacionais/pisa/resultados/2014/relatorio_nacional_pisa_2012_resultados_brasileiros.pdf>. Acesso em: 26 fev. 2021.

_________. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, p. 600, 2017. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf>. Acesso em: 10 nov. 2021.

_________. Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs). Matemática. Terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

_________. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n. 9.394/96. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em: 10 nov. 2021.

CRUZ, P.; MONTEIRO, L. (Org.) Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019. São Paulo: Editora Moderna, 2019.

JONHSON, Susan Barton. Análise da Base Nacional Comum Curricular de Matemática. ACARA. 2016. Disponível em: <https://movimentopelabase.org.br/wp-content/uploads/2016/08/5.2-Matema%CC%81tica_Ana%CC%81lise-da-ACARA.pdf>. Acesso em: 10 nov. 2021.

LORENZATO, Sérgio. Como aprendemos e ansinamos geometria. In: LORENZATO, S. Aprender e ensinar geometria. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2015. Série Educação Matemática.

__________. Por que não ensinar Geometria? Educação Matemática em RevistaSBEM, Blumenau-SC, nº 4, p. 03-20, 1º sem. 1995.

PASSOS, Carmen Lucia Brancaglion. Representações e prática pedagógica: a geometria na sala de aula. 2000. 348p. Tese (Doutorado em Educação) Unicamp, Campinas, SP, 2000.

PAVANELLO, Regina Maria. O abandono do ensino de Geometria no Brasil: causas e consequências. In Zetetiké, v. 1, n. 1, 1993.

__________. O abandono do ensino de geometria: uma abordagem histórica. 1989. 195f. Dissertação (Mestrado em Educação) – UNICAMP, Campinas.

PEREIRA, Maria Regina de Oliveira. A geometria escolar: uma análise dos estudos sobre o abandono de seu ensino. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática. São Paulo: PUC, 2001.

PORTUGAL. Ministério da Educação. PISA 2012: Portugal, primeiros resultados. Lisboa, 2013. Disponível em: <https://www.dgeec.mec.pt/np4/246/%7B$clientServletPath%7D/?newsId=371&fileName=PISA_Primeiros_Resultados_PORTUGAL.pdf>. Acesso em: 25 fev. 2021.

TASHIMA, M. M. SILVA, A. L. da. As lacunas no ensino-aprendizagem da geometria. 2007. Disponível em: <http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/producoes_pde/artigo_marina_massaco_tashima.pdf>. Acesso em: 11 nov. 2021.

Downloads

Publicado

2022-01-03

Como Citar

Frantz, D. de S. F. da S., & Bisognin, V. . (2022). Ensino da Geometria nos anos finais do Ensino Fundamental: um problema sistêmico. Revista Educar Mais, 6, 28-45. https://doi.org/10.15536/reducarmais.6.2022.2648

Edição

Seção

Artigos