Letramentos no curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio: uma estratégia interdisciplinar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.6.2022.2640

Palavras-chave:

Letramentos, Gêneros discursivos, Sequência didática, Interdisciplinaridade

Resumo

O objetivo deste artigo é discorrer sobre as possíveis contribuições de uma proposta interdisciplinar de letramentos com foco em gêneros discursivos, utilizando-se o contexto local, aplicada no curso técnico em agropecuária integrado ao ensino médio do IFB Campus Planaltina. Os fundamentos teóricos abordam o ensino de Língua Portuguesa com fins de Educação Profissional e Tecnológica e apoiam-se na abordagem dos letramentos e nos estudos sobre gêneros discursivos. Os dados obtidos tiveram origem em pesquisa-ação com aplicação de sequências didáticas. Os resultados demonstram que os letramentos com uso de gêneros discursivos e contexto local desenvolvem competências de autonomia e protagonismo entre os alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Irene Amado Teixeira Barbosa, Instituto Federal de Brasília - IFB

Mestra em Educação Profissional e Tecnológica. Pós-Graduada em Ensino de Língua Portuguesa. Graduada em Letras pela Universidade de Brasília. Docente da Secretaria de Educação do Distrito Federal.

Marcelo de Faria Salviano, Instituto Federal de Brasília - IFB

Doutor em Ciências do Comportamento, Mestre em Biologia Animal e Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade de Brasília. Professor de biologia no ensino médio, técnico, superior e pós-graduação do Instituto Federal de Brasília (IFB).

Veruska Ribeiro Machado, Instituto Federal de Brasília - IFB

Doutora e Mestre em Educação pela Universidade de Brasília. Especialista em língua portuguesa, em Educação para a Diversidade e a Cidadania e em Gestão de Políticas Públicas de Raça e Gênero. Graduada em Letras pela Universidade de Brasília. Professora de Língua Portuguesa e do Programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

Referências

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003. p.261-306.

BARTON, D. Literacy: An introduction to the ecology of written language. Oxford UK & Cambridge USA: Blackwell, 1994.

BARTON & HAMILTON, M. Local literacies. Londres e Nova York: Routledge, 1998.

BAZERMAN, Charles. Gênero, agência e escrita. Tradução e adaptação de HOFFNAGEL, J. São Paulo: Cortez, 2006.

BEANE, James. A. Integração Curricular: a concepção do núcleo da educação democrática. Lisboa: Didática Editora, 1997.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Médio. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 17 abril. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Brasília: INEP, 2017a. Disponível em: http://ideb.inep.gov.br/resultado/. Acesso em: 17 abr. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Saeb 2017 revela que apenas 1,6% dos estudantes brasileiros do Ensino Médio demonstraram níveis de aprendizagem considerados adequados em Língua Portuguesa. INEP, Brasília, 30 ago. 2018. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/saeb-2017-revela-que-apenas-1-6-dos-estudantes-brasileiros-do-ensino-medio-demonstraram-niveis-de-aprendizagem-considerados-adequados-em-lingua-portug/21206. Acesso em: 10 dez. 2020.

BRASIL. Resolução CNE/CEB N.02/2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Diário Oficial da União, Brasília, 30 de janeiro de 2012a.

CASTANHEIRA, M. L. Aprendizagem contextualizada: discurso e inclusão na sala de aula. 2 ed. Belo Horizonte: Ceale; Autêntica, 2010.

KALANTZIS, M; COPE, B. Literacies. New York, Port Melbourne: Cambridge University Press, 2012.

DOLZ, J.; SCHNEUWLY, B. Gêneros orais e escritos na escola. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2004.

DOLZ, J.; NOVERRAZ, M.; SCHNEUWLY, B. Sequências didáticas para o oral e a escrita: apresentação de um procedimento. In: SCHNEUWLY, B; DOLZ, J. Gêneros Orais e escritos na escola. Trad. e org. ROJO, R.; CORDEIRO, G. S. São Paulo: Mercado das Letras, 2004, p. 95-128.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 25. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GERALDI, J.W. A Aula como Acontecimento. São Paulo: Pedro & João Editores, 2015.

INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA. Plano de Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado em Agropecuária. Brasília: IFB, 2012.

KLEIMAN, A. Letramento e suas implicações para o ensino de língua materna. In Signo. Santa Cruz do Sul, v. 32, n. 53, p. 1-125, 2007.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

MARINS-COSTA, Elzimar Goettenauer de. Letramento crítico: Contribuições para a delimitação de um conceito. In: BAPTISTA, Lívia Márcia Tiba Rádis (Org.). Autores e produtores de textos na contemporaneidade: multiletramentos, letramento crítico e ensino de línguas. Campinas: Pontes Editores, 2016.

MORAES, Roque. Análise de Conteúdo. Revista Educação. Porto Alegre. Nº 37. Março 1999.

RAMOS, M. Possibilidades e Desafios na Organização do Currículo Integrado In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. (Orgs.). Ensino Médio Integrado: Concepções e Contradições. Ed Cortez. São Paulo: Brasil, 2005.

ROJO, R. Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

ROJO, Roxane. O letramento escolar e os textos da divulgação científica – a apropriação dos gêneros de discurso na escola. Ling. (dis)curso [online], 2008.

ROJO, Roxane H. R.; MOURA, Eduardo (Orgs.). Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola Editorial, 2012.

ROJO, Roxane. Alfabetização e letramentos múltiplos: como alfabetizar letrando. In:

RANGEL, Egon de Oliveira; ROJO, Roxane (Org.). Língua portuguesa: ensino

fundamental. Brasília (DF): Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2010.

SCRIBNER, S. & COLE, M. The Psychology of Literacy. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1981.

SOARES, José Francisco (Coord.). Escola eficaz: um estudo de caso em três escolas da rede pública de ensino do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: GAME/FAE/UFMG, 2002. 114 p.

STREET, Brian. Abordagens alternativas ao letramento e desenvolvimento.

Teleconferência Brasil sobre o letramento, outubro de 2003.

THIOLLENT, M. Metodologia da Pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 1996.

ZABALA, A. A prática educativa, como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

2022-01-14

Como Citar

Amado Teixeira Barbosa, I., de Faria Salviano, M., & Ribeiro Machado, V. (2022). Letramentos no curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio: uma estratégia interdisciplinar. Revista Educar Mais, 6, 89-105. https://doi.org/10.15536/reducarmais.6.2022.2640

Edição

Seção

Artigos