Adolescentes em conflito com a lei nas pesquisas em Educação: um olhar a partir de dissertações e teses

Autores

  • Felícia Aparecida Fernandes Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • João Carlos Pereira de Moraes Fundação Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA https://orcid.org/0000-0001-9513-018X
  • Ana Lúcia Pereira Universidade Estadual de Ponta Grossa

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.4.2020.2045

Palavras-chave:

Socioeducação, Adolescente em conflito com a lei, Revisão de literatura

Resumo

Este artigo objetiva analisar os enfoques de pesquisa em educação, tanto em dissertações quanto em teses, que possuem como sujeitos adolescentes em conflito com a lei. Como procedimento metodológico foi realizado uma revisão sistemática da literatura nas bases de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações. Neste, realizou-se duas buscas: a primeira utilizando como termos “adolescente” AND “conflito com a lei” AND “ensino”; na segunda, os termos elencados foram “adolescente” AND “infrator” AND “ensino”.  Após análise de título, resumos e de duplicidade, chegou-se ao número de vinte sete dissertações e teses. Para organização e análise dos dados utilizou-se análise de conteúdo de onde identificou-se  quatro categorias: 1) Aspectos sociais, psicológicos e culturais da vida de adolescentes em conflito com a lei; 2) Perspectivas de ensino para adolescentes em conflito com a lei; 3) Relação escola/educação escolar com adolescentes em conflito com a lei; e, 4) Educação não escolar e adolescentes em conflito com a lei.  Como resultados, aponta-se que há algumas lacunas de pesquisas sobre a necessidade de criar estratégias e perspectivas teórico-metodológicas que possibilitem uma escuta humanizada, problematizada e mais aberta deste grupo de adolescentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felícia Aparecida Fernandes, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Mestranda em Ensino de Ciências e Educação Matemática e Licenciada em Pedagogia (UEPG). https://orcid.org/0000-0001-6913-7601

João Carlos Pereira de Moraes, Fundação Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Docente da Fundação Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Doutor em Educação (USP), Mestre em Educação Científica e Tecnológica (UFSC) e Licenciado em Matemática (UENP) e Pedagogia (UEM). https://orcid.org/0000-0001-9513-018X

Ana Lúcia Pereira, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutora (2011) e Mestre (2005) em Ensino de Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Graduada em Ciências e Matemática na Universidade do Norte Pioneiro (UENP, 1994). Professora do Departamento de Matemática e Estatística da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG, Brasil) desde 2012. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação, em que serviu como vice-coordenador (2014-2015) e do Programa em Ensino de Ciências e Educação Matemática (2017) na  Universidade Estadual de Ponta Grossa.  É membro do Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - BASis - INEP/MEC.  Foi pesquisadora visitante na University of Strathclyde, no Reino Unido (2016-2018)  pelo Programas Estratégicos - DRI, com apoio da Capes. Também atuou como coordenadora Institucional do Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID / Capes / UEPG, 2012-2013) e como Coordenadora de Gestão e Processos Educacionais no PIBID (Capes / UEPG, 2014-2016). Foi Chefe do Núcleo Regional de Educação de Jacareziho no Estado do Paraná (2009-2010). Presidente do Sindicato dos Professores (APP) da região Jacarezinho (2002-2009). Autor de vários artigos em revistas e atua como referee nas áreas de Políticas Educacionais, Formação de Professores; Práticas e Desenvolvimento Curricular;  Ensino e Aprendizagem; Psicanálise; Mídias Sociais; Ciência, Tecnologia e Sociedade e Educação Matemática. Editor associado da Frontiers in Psicologia da Educação desde 2015. Bolsista de Produtividade da Fundação Araucária-Paraná. https://orcid.org/0000-0003-0970-260X

Referências

ALMEIDA, T. C. MASANO, S. R. V.. Corpos marcados: uma análise histórica sobre a institucionalização de adolescentes em conflito com a lei. Mnemosine. Vol. 8, nº 2, p. 161-183, 2012.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BASTOS, S. C. M. “Na escola, o cara tinha que ficá quieto, olhando pro quadro e escrevendo. Na rua, eu fazia o que eu queria”: fenômenos representativos de adolescentes em conflito com a lei sobre as aulas de língua materna, escolarização e abandono escolar. 2019. 107 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2019.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. São Paulo: Cortez, 1990.

CALEIRO, F. M. Efeitos de um programa de intervenção analítico-comportamental com adolescentes em conflito com a lei. 2014. 135 f. Dissertação (Mestrado em Análise do Comportamento) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2014.

CERCAL, S. S. Políticas públicas para adolescentes em conflito com a lei: ação educativa e exercício da cidadania? 2007. 99 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2007.

CÉSAR, I. A. A funase e a formação cidadã. 2014. 126 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão Pública) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2014.

COSTA, V. O. A relação entre a escola, o ensino de línguas e o abandono escolar: um olhar a partir das crenças e experiências de adolescentes com quem a lei entra em conflito. 2012. 119 f. Dissertação (Mestrado em Linguagem, identidade e subjetividade) – Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa, 2012.

DOMINGUES, I. O coordenador pedagógico e a formação contínua do docente na escola. São Paulo: Cortez, 2014.

FERNANDES, J. F. Educação musical de adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa através do canto coral. 2012. 285 f. Tese (Doutorado em Música) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2012.

GARCIA, L. A. Tessituras a/r/tográficas: ensino de artes visuais no centro de referência especializado de assistência social – São Gonçalo Do Amarante – RN. 2019. 131 f. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2019.

GOMES, C. C. Adolescentes autores de atos infracionais e histórias de vida: construindo histórias em intervenção grupal no contexto da medida socioeducativa de liberdade assistida. 2012. 201 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura) – Universidade de Brasília, Brasília, 2012.

GOMES, M. A. N. Adolescentes em conflito com a lei: o ensinar e o aprender através das tecnologias da informação e da comunicação. 2016. 111 f. Tese (Doutorado em Informática na Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

GOMES, C. C. CONCEIÇÃO, M. I. G. Sentidos da trajetória de vida para adolescentes em medida de liberdade assistida. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 19, n. 1, p. 47-58, jan./mar. 2014.

MARIÁS, K. O. A educação profissionalizante de jovens em conflito com a lei : interferências do despertar da puberdade na tarefa de inserção no mundo do trabalho / Kátia de Oliveira Mariás. - Belo Horizonte, 2014.

MACEDO, V. G. Características psicossociais e de personalidade de adolescentes infratores em cumprimento de medida socioeducativa. 2016. 96 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2016.

MASSARO, C. M. Entre o formal e o real: representações acerca do modelo disciplinar da fundação casa de Araraquara. 2008. 197 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Araraquara, 2008.

MELO, L. S. A educação profissional na perspectiva do adolescente em conflito com a lei. 2014. 101 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Instituto de Agronomia – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica – RJ, 2014.

MIRANDA, G. U. Adolescente em conflito com a lei e a lei em conflito com o adolescente: processo de criminalização da adolescência pobre. 2016. 189 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Institucional) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2016.

MONTEIRO, R. F. Adolescentes em conflito com a lei: memórias e trajetórias de vivências na escola. 2010. 146 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2010.

OLIVEIRA, L. L. A. A delinquência e a (im)possibilidade de se significar como autor no discurso matemático. 2015. 193 f. Tese (Doutorado em Educação para a Ciência e a Matemática) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

PADOVANI, R. C. Resolução de problemas sociais com adolescentes em conflito com a lei: estratégias de mensuração e intervenção. 2008. 242 f. Tese (Doutorado em Educação Especial) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2008.

PACHECO, J. T. B. A construção do comportamento anti-social em adolescentes autores de atos infracionais: uma análise a partir das práticas educativas e dos estilos parentais. 2004. 120 f. Tese (Doutorado em Psicologia do Desenvolvimento) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.

PARANÁ. Programa De Atendimento Socioeducativo Do Estado Do Paraná. Departamento de atendimento socioeducativo – DEASE. Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos. Curitiba, 2017.

PERIPOLLI, A. Criatividade: caminho desenhante para altas habilidades/superdotação do adolescente em conflito com a lei. 2010. 192 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria – RS, 2010.

PIAZZAROLLO, D. C. G. Fatores de risco e de proteção presentes na vida de adolescentes cumprindo liberdade assistida: permanência e evasão escolar. 2015. 267 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória , 2015.

ROCHA, W. S. Centro sócio-educativo ou escola para o crime? O processo educativo em uma unidade de internação de adolescentes em conflito com a lei. 2009. 171 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2009.

SANTOS, E. A. As adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa : um diálogo sobre as questões de gênero, escolarização, sociedade de consumo e ato infracional. 2016. 105 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

SILVA, L. M. O adolescente em conflito com a lei na escola. 2019. 187 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2019.

SILVA, J. P. Tempo da tranca, tempo da sala: a educação escolar de adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa em um centro de internação de Pernambuco. 2018. 225 f. Dissertação (Mestrado em Educação, culturas e identidade) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2018.

SILVA, K. C. A garantia do direito à educação para adolescentes e jovens em cumprimento de medida socioeducativa de internação. 2019. 207 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2019.

TAYLOR, L. M. P. 1964 As representações do psicólogo na socioeducação: o saber ingênuo de adolescentes em internação provisória e em cumprimento de medidas socioeducativas no DEGASE / Letícia Montes Penha Taylor. – 2015.

TAKEUTI, N. M.. Inconsistência simbólica e fragilidades identitárias. Psicologia em Revista, v. 8, nº. 12, 2002, p. 32-44.

VELOSO, V. B. O jovem em conflito com a lei e o direito à educação básica. Reunião científica da ANPED. UFPR, Curitiba, 2016.

WORM, N. Adolescentes infratores: estudo acerca da medida sócio-educativa de internação nas unidades do centro de atendimento sócio-educativo ao adolescente – casa como defesa da cidadania. 2007. 181 f. Dissertação (Mestrado em Direito Político e Econômico) – Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2007.

Downloads

Publicado

2020-12-02

Como Citar

Fernandes, F. A., Pereira de Moraes, J. C., & Pereira, A. L. (2020). Adolescentes em conflito com a lei nas pesquisas em Educação: um olhar a partir de dissertações e teses. Revista Educar Mais, 4(3), 773-793. https://doi.org/10.15536/reducarmais.4.2020.2045

Edição

Seção

Artigos