Opinião dos pais sobre os processos avaliativos nos quais seus filhos são submetidos: Estudo de caso em uma escola de Pelotas

Bruno Gomes da Silva, Giuseppe Bachini, Letícia Soares Nunes Duarte, Marco Antônio Lessa, Cristian Guidotti Aguiar, Marlete de Brum Mackmil, Marcos André Betemps Vaz da Silva

Resumo


A passagem do quinto para o sexto ano do ensino fundamental  gera alguns traumas na vida escolar dos estudantes. Pois nesta passagem o aluno sofre uma transformação no processo de avaliação de um professor, para vários professores com métodos diferentes de avaliação. O objetivo de estudo e descobrir a opinião dos pais de uma escola particular sobre os processos avaliativos nos quais seus filhos são submetidos no quinto ano do ensino fundamental. A metodologia utilizada foi de natureza qualitativa, na qual utilizamos questionários para os pais responderem. Foram entregues a 22 pais, porem apenas 9 responderam. A conclusão do estudo foi que Após a integração das unidades de registo nas respectivas categorias, constatou-se das opiniões dos pais ou responsáveis, foi a de que o processo de avaliativo que a escola Frené aplica aos alunos do quinto ano está adequado e preparado para a transição do sistema de currículo para área.  Pelo exposto, é importante continuar no aprimoramento do processo avaliativo, pois os pais colocaram alguns aspectos que promovem dados para um aprimoramento do processo.


Palavras-chave


Processos Avaliativos; Quinto ano do ensino fundamental; Escola Particular.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/reducarmais.3.2019.87-98.1385

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


                                                      Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref