Percepções de estudantes do Ensino Médio das redes pública e privada sobre atividades remotas ofertadas em tempos de pandemia do coronavírus

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V18.Especial.2020.136-155.1837

Palavras-chave:

COVID-19, educação, ensino remoto, tecnologias.

Resumo

A pandemia do coronavírus afetou diversas questões do comportamento humano, tais como: a convivência social, o bem viver com saúde, a economia, a educação, entre outros. Este estudo teve como objetivo investigar as percepções de estudantes mato-grossenses do Ensino Médio de diferentes redes de ensino sobre os desafios enfrentados no decorrer do ensino remoto que estão recebendo nesse período diferenciado. A pesquisa se caracteriza como descritiva e exploratória, realizada em 2020, e envolveu um total de 118 estudantes de escolas pública e privada do município de Querência/MT. Como instrumento de coleta de dados foi utilizado um formulário eletrônico, contendo 08 questões fechadas. Os resultados indicam que as condições de acesso e aprendizagem não são as mesmas e que o ensino remoto é diferentemente avaliado por estudantes dessas duas redes de ensino. Logo, as medidas que estão sendo implementadas no período da pandemia poderão aprofundar o quadro de exclusão e segregação de parte significativa dos estudantes, a exemplo das desigualdades de condições de estudo e desenvolvimento humano, como sempre existiu.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Strege Médici, SEDUC/MT

Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas e Bacharel em Ecologia (Centro Universitário de Várzea Grande). Especialização em Ensino de Biologia (Universidade Candido Mendes). Professora efetiva na Escola Estadual Professora Maria Esther Peres onde ministra as disciplinas de ciências e biologia para o Ensino Fundamental e Médio. Membro do Grupo de Pesquisa Ensino de Ciências e Matemática no Baixo Araguaia (EnCiMa).

Everson Rodrigo Tatto, SEDUC/MT

Licenciatura Plena em História(URI), Especialização em História do Brasil com Ênfase em História Regional (URI), Professor de Educação Básica do Estado de Mato Grosso (SEDUC/MT), no município de Querência/MT, Brasil

Marcelo Franco Leão, IFMT Campus Confresa

Graduação em Química Licenciatura Plena (UNISC) e em Licenciatura em Física (UNEMAT). Especialização em Orientação Educacional (DOM ALBERTO) e em Relações Raciais e Educação na Sociedade Brasileira (UFMT). Mestrado em Ensino (UNIVATES) e Doutorado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (UFRGS). Professor de Química no Departamento de Ensino do IFMT Campus Confresa. Membro do Grupo de Pesquisa Ensino de Ciências e Matemática no Baixo Araguaia (EnCiMa).

Downloads

Publicado

2020-08-04

Como Citar

Médici, M. S., Tatto, E. R., & Leão, M. F. (2020). Percepções de estudantes do Ensino Médio das redes pública e privada sobre atividades remotas ofertadas em tempos de pandemia do coronavírus. Revista Thema, 18(ESPECIAL), 136-155. https://doi.org/10.15536/thema.V18.Especial.2020.136-155.1837

Edição

Seção

Ciências Humanas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)