Competências socioemocionais em tempos de COVID-19

uma revisão integrativa

Autores

  • Samiles Vasconcelos Cruz Benedito Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, Acaraú/CE - Brasil
  • Andréa de Vasconcelos Alves Centro Universitário Christus - Unichristus, Fortaleza/CE - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V22.2023.739-756.2081

Palavras-chave:

pandemia, distanciamento social, habilidades socioemocionais

Resumo

A pandemia do coronavírus impactou o modo de viver das sociedades, a rotina sofreu alterações e foi preciso adequar-se às medidas impostas pelos órgãos de saúde. O isolamento social foi uma das estratégias utilizadas para atenuar os índices de contaminação e disseminação do SARS-CoV-2. No contexto escolar, docentes e discentes assumiram novas posturas frente ao modelo de educação adotado, o ensino remoto. Além das dificuldades advindas desse processo de adaptação, vale ressaltar que a inacessibilidade às tecnologias e infraestrutura inadequada inviabilizou o processo de ensino e aprendizagem, principalmente em regiões carentes. Outro aspecto a ser considerado no âmbito educacional nesse período é o fator emocional e, nesta pesquisa, buscamos dar ênfase ao papel das competências socioemocionais aplicadas à docência. Compreender o papel das emoções em todas as áreas da vida não é uma tarefa simples e, nesse contexto de pandemia, é relevante perceber a importância dessas competências para auxiliar no enfrentamento de situações adversas. Portanto, realizamos uma revisão integrativa priorizando os trabalhos publicados no ano de 2020 a fim de estabelecer conexões entre as implicações da pandemia, a práxis docente e o contexto socioemocional. Os achados dessa pesquisa denotam que docentes que demonstram possuir domínio de suas competências socioemocionais, tendem a ser mais eficientes no ensino, compreendem melhor as emoções de seus alunos e os auxiliam a desenvolver suas habilidades socioemocionais, contribuindo para o êxito dos discentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samiles Vasconcelos Cruz Benedito, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, Acaraú/CE - Brasil

Servidora Pública no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, atuando na Coordenação Técnico-Pedagógica, no cargo de Técnica em Assuntos Educacionais. Graduada em Ciências Biológicas (2018) com especialização em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional (2020) pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Também possui especialização em formação em Educação a Distância pela UNIP (2021).

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6114824553346569

Andréa de Vasconcelos Alves, Centro Universitário Christus - Unichristus, Fortaleza/CE - Brasil

Possui graduação em Tecnologia em Radiologia pelo Centro Universitário Christus (2017). Orientadora Preceptora de Atividades Médicas. Possui título de Especialização Lato sensu em Fisiologia Humana pela Universidade Estadual do Ceará- UECE (2019). Professora do Curso Superior de Tecnologia em Radiologia - UNICHRISTUS.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/7760961391221136

Downloads

Publicado

2023-12-12

Como Citar

BENEDITO, S. V. C.; ALVES , A. de V. Competências socioemocionais em tempos de COVID-19: uma revisão integrativa. Revista Thema, Pelotas, v. 22, n. 3, p. 739–756, 2023. DOI: 10.15536/thema.V22.2023.739-756.2081. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/2081. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas