Percursos profissionais de cientistas e professores de Ciências

Autores

  • Paulo Lima Junior Universidade de Brasília (UnB)

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2382

Palavras-chave:

Educação em Ciências, Profissinal Cientista, Professores de Ciência

Biografia do Autor

Paulo Lima Junior, Universidade de Brasília (UnB)

Possui Graduação em Física, Mestrado e Doutorado em Ensino de Física e Pós-Doutorado em Didática das Ciências Naturais pela Universidade de Estocolmo, Suécia. Professor Adjunto da Universidade de Brasília e membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências da Universidade de Brasília (UnB), Brasília/DF - Brasil. https://orcid.org/0000-0002-3382-8387

Referências

ANDERHAG, P. et al. Students’ choice of post-compulsory science: in search of schools that compensate for the socio-economic background of their students. International Journal of Science Education, [s. l.], v. 35, n. 18, p. 3141–3160, 2013. Available at: https://doi.org/10.1080/09500693.2012.696738

ANDERHAG, P. et al. Why do secondary school students lose their interest in science? Or does it never emerge? A possible and overlooked explanation. Science Education, [s. l.], v. 100, n. 5, p. 791–813, 2016. Available at: https://doi.org/10.1002/sce.21231

ARCHER, L. et al. “Balancing acts”: elementary school girls’ negotiations of femininity, achievement, and science. Science Education, [s. l.], v. 96, n. 6, p. 967–989, 2012. Available at: https://doi.org/10.1002/sce.21031

ARTAXO, P. A quem interessa atacar a ciência? E por quê? Jornal da USP, São Paulo, 2019.

BECK, U. Risk society: towards a new modernity. London: Sage Publications, 1992.

BOURDIEU, P. A distinção: critica social do julgamento. Porto Alegre: ZOUK, 2007.

BOURDIEU, P. The logic of practice. Stanford: Stanford University Press, 1990.

BRITO, C.; PAVANI, D.; LIMA JUNIOR, P. Meninas na ciência: atraindo jovens mulheres para carreiras de ciência e tecnologia. Gênero, [s. l.], v. 16, n. 1, p. 33–50, 2015.

BUTLER, J. Undoing gender. London: Routledge, 2004.

CARLONE, H. B. et al. What kind of boy does science? A critical perspective on the science trajectories of four scientifically talented boys. Science Education, [s. l.], v. 99, n. 3, p. 438–464, 2015. Available at: https://doi.org/10.1002/sce.21155

CGEE. A ciência e a tecnologia no olhar dos brasileiros: Percepção pública da C&T no Brasil - 2015. Brasília: [s. n.], 2017.

CLAUSSEN, S.; OSBORNE, J. Bourdieu’s notion of cultural capital and its implications for the science curriculum. Science Education, [s. l.], v. 97, n. 1, p. 58–79, 2013. Available at: https://doi.org/10.1002/sce.21040

CONTRERAS, J. Autonomia de professores. São Paulo: Cortez, 2002.

DANIELSSON, A. T.; LUNDIN, M. Gender performativity in physics: Affordances or only constraints? Cultural Studies of Science Education, [s. l.], v. 9, n. 2, p. 523–529, 2014. Available at: https://doi.org/10.1007/s11422-012-9420-4

DE PEREIRA, A. P.; LIMA JUNIOR, P. Implicações da perspectiva de Wertsch para a interpretação da teoria de Vygotsky no ensino de Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, [s. l.], v. 31, n. 3, p. 518–535, 2014. Available at: https://doi.org/http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2014v31n3p518

FERNANDES, J. et al. Estudo da evasão dos estudantes de licenciatura e bacharelado em física: uma análise à luz da teoria do sistema de ensino de Bourdieu. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, [s. l.], v. 37, n. 1, p. 105–126, 2020. Available at: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2020v37n1p105

FOUREZ, G. Crise no ensino de ciências? Investigações em Ensino de Ciências, [s. l.], v. 8, n. 2, p. 109–123, 2003.

GARCIA-SILVA, S.; LIMA JUNIOR, P. A educação científica das periferias urbanas: uma revisão sobre o ensino de ciências em contextos de vulnerabilidade social (1985–2018). Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, [s. l.], p. 221–243, 2020. Available at: https://doi.org/10.28976/1984-2686rbpec2020u221243

GEDOZ, L.; PEREIRA DE PEREIRA, A.; BORGES PAVANI, D. Maneiras de conhecer e implicações para a equidade de gênero na educação em ciências. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, [s. l.], p. 775–798, 2020. Available at: https://doi.org/10.28976/1984-2686rbpec2020u775798

GILIOLI, R. de S. P. Evasão em instituições federais de ensino superior no brasil: expansão da rede, SiSU e desafios. [s. l.], p. 55, 2016.

HARDING, S. The science question in feminism. Ithaca: Cornell University Press, 1986.

HEERDT, B.; BATISTA, I. D. L. Questões de gênero e da natureza da ciência na formação docente. Investigações em Ensino de Ciências, [s. l.], v. 21, n. 2, p. 30, 2016. Available at: https://doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2016v21n2p30

HEIDEMANN, L. A.; ESPINOSA, T. A evasão nos cursos de graduação: como entender o problema? Revista Educar Mais, [s. l.], v. 4, n. 3, p. 451–459, 2020. Available at: https://doi.org/10.15536/reducarmais.4.2020.1939

JENKINS, E. W.; NELSON, N. W. Important but not for me: students’ attitudes towards secondary school science in England. Research in Science & Technological Education, [s. l.], v. 23, n. 1, p. 41–57, 2005. Available at: https://doi.org/10.1080/02635140500068435

KNOP, M.; COLLARES, A. C. M. A influência da origem social na probabilidade de concluir os diferentes cursos de ensino superior. Sociedade e Estado, [s. l.], v. 34, n. 2, p. 351–380, 2019. Available at: https://doi.org/10.1590/s0102-6992-201934020001

KRAPP, A.; PRENZEL, M. Research on interest in science: Theories, methods, and findings. International Journal of Science Education, [s. l.], v. 33, n. 1, p. 27–50, 2011. Available at: https://doi.org/10.1080/09500693.2010.518645

LAHIRE, B. Reprodução ou prolongamentos críticos? Educação & Sociedade, [s. l.], v. 23, n. 78, p. 37–55, 2002. Available at: https://doi.org/10.1590/S0101-73302002000200004

LAHIRE. Retratos sociológicos: disposições e variações individuais. Porto Alegre: Artmed, 2004.

LIMA JUNIOR, P. et al. A integração dos estudantes de periferia no curso de Física: razões institucionais da evasão segundo a origem social. Ciência & Educação, [s. l.], v. 26, 2020a.

LIMA JUNIOR, P. et al. Excelência, evasão e experiências de integração dos estudantes de graduação em Física. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências (Belo Horizonte), [s. l.], v. 22, p. 1–23, 2020b. Available at: https://doi.org/10.1590/21172020210140

LIMA JUNIOR, P. Trajetórias dos professores de ciências em tempos de proletarização: família e vocação docente. In: MASSI, L.; LIMA JUNIOR, P.; BAROLLI, E. (org.). Retratos da docência: contextos, saberes e trajetórias. Araraquara: Letraria, 2018. p. 435–459.

LIMA JUNIOR, P.; FRAGA JUNIOR, J. C. Qual é o efeito da desigualdade social no desempenho em ciências dos estudantes brasileiros? Uma análise do Exame Nacional do Ensino Médio (2012-2019). Investigações em Ensino de Ciências –, [s. l.], v. 26, n. 1, p. no prelo, 2021.

LIMA JUNIOR, P.; MASSI, L. Retratos sociológicos: uma metodologia de investigação para a pesquisa em educação. Ciência & Educacão, [s. l.], v. 21, n. 3, p. 559–574, 2015.

LIMA JUNIOR, P.; OSTERMANN, F.; REZENDE, F. Análise dos condicionantes sociais da evasão e retenção em cursos de graduação em física à luz da sociologia de Bourdieu. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, [s. l.], v. 12, n. 1, p. 37–60, 2012.

LIMA JUNIOR, P.; OSTERMANN, F.; REZENDE, F. Análise dos condicionantes sociais do sucesso acadêmico em cursos de graduação em física à luz da sociologia de Bourdieu. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, [s. l.], v. 15, n. 1, p. 113–129, 2013a.

LIMA JUNIOR, P.; OSTERMANN, F.; REZENDE, F. Marxism in Vygotskian approaches to cultural studies of science education. Cultural Studies of Science Education, [s. l.], v. 9, n. 3, p. 1–24, 2013b. Available at: https://doi.org/10.1007/s11422-013-9485-8

LIMA JUNIOR, P.; PINHEIRO, N.; OSTERMANN, F. Bourdieu en la educación científica: consecuencias para la enseñanza y la investigación. Didáctica de las Ciencias Experimentales y Sociales, [s. l.], v. 160, n. 26, p. 145–160, 2012. Available at: https://doi.org/10.7203/dces.26.1925

LYONS, T. The puzzle of falling enrolments in physics and chemistry courses: Putting some pieces together. Research in Science Education, [s. l.], v. 36, n. 3, p. 285–311, 2006. Available at: https://doi.org/10.1007/s11165-005-9008-z

MARTINS, A. M.; LIMA JUNIOR, P. Identidade e desenvolvimento profissional de professores de ciências como uma questão de gênero: o caso de Natália Flores. Investigações em Ensino de Ciências, [s. l.], v. 25, n. 3, p. 616, 2020. Available at: https://doi.org/10.22600/1518-8795.ienci2020v25n3p616

MASSI, L.; LIMA JUNIOR, P.; BAROLI, E. Reatratos da docência: contextos, saberes e trajetórias [Portraits of teaching: context, knowledge and trajectory]. Araraquara: Letraria, 2018. E-book.

MASSI, L.; VILLANI, A. Um caso de contratendência: baixa evasão na licenciatura em química explicada pelas disposições e integrações. Educação e Pesquisa, [s. l.], v. 41, n. 4, p. 975–992, 2015. Available at: https://doi.org/10.1590/s1517-9702201512135667

NOGUEIRA, C. M. M.; NOGUEIRA, M. A. Bourdieu e a Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

OLIVEIRA, E. “Se é intimidação, não vai funcionar”, diz ex-reitor que foi alvo de processo por criticar Bolsonaro em reunião. G1, [s. l.], 2021.

OREIRO, J. L.; FEIJÓ, C. A. Desindustrialização: conceituação, causas, efeitos e o caso brasileiro. Revista de Economia Política, [s. l.], v. 30, n. 2, p. 219–232, 2010. Available at: https://doi.org/10.1590/S0101-31572010000200003

OSBORNE, J.; SIMON, S.; COLLINS, S. Attitudes towards science: A review of the literature and its implications. International Journal of Science Education, [s. l.], v. 25, n. 9, p. 1049–1079, 2003. Available at: https://doi.org/10.1080/0950069032000032199

POTVIN, P.; HASNI, A. Interest, motivation and attitude towards science and technology at K-12 levels: a systematic review of 12 years of educational research. Studies in Science Education, [s. l.], v. 50, n. 1, p. 85–129, 2014. Available at: https://doi.org/10.1080/03057267.2014.881626

ROSA, K. Science identity possibilities: a look into Blackness, masculinities, and economic power relations. Cultural Studies of Science Education, [s. l.], v. 13, n. 4, p. 1005–1013, 2018. Available at: https://doi.org/10.1007/s11422-018-9859-z

RUIZ, A. I.; RAMOS, M. N.; HINGEL, M. Escassez de professores no ensino médio: propostas estruturais e emergenciais. Brasília: Ministério da Educação, 2007.

SILVA FILHO, R. L. L. e et al. A evasão no ensino superior brasileiro. Cadernos de Pesquisa, [s. l.], v. 37, n. 132, p. 641–659, 2007. Available at: https://doi.org/10.1590/S0100-15742007000300007

SOLÓRZANO, D. G.; YOSSO, T. J. Critical Race Methodology: Counter-Storytelling as an Analytical Framework for Education Research. Qualitative Inquiry, [s. l.], v. 8, n. 1, p. 23–44, 2002. Available at: https://doi.org/10.1177/107780040200800103

TOLLEFSON, J. ‘Tropical Trump’ sparks unprecedented crisis for Brazilian science. Nature, [s. l.], v. 572, n. 7768, p. 161–162, 2019. Available at: https://doi.org/10.1038/d41586-019-02353-6

TYTLER, R. et al. Opening up pathways: engagement in STEM across the primary-secondary school transition. Canberra: [s. n.], 2008.

Downloads

Publicado

2021-04-03

Como Citar

Lima Junior, P. . (2021). Percursos profissionais de cientistas e professores de Ciências. Revista Educar Mais, 5(3), 453-460. https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2382

Edição

Seção

Editorial