Uma aplicação da sala de aula invertida no ensino de física para a Educação Básica

Autores

  • Carolina Krupp Consul Confortin Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Prof. Dra Patrícia Ignácio Universidade Federal do Rio grande - FURG
  • Prof. Dra Rosângela Menegotto Costa Universidade federal do Rio Grande - FURG

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.2.2018.%25p.1231

Resumo

No presente artigo relatamos uma aplicação de Sala de Aula Invertida (SAI), como um projeto piloto, para o estudo das ondas na disciplina da física na Educação Básica. A SAI é considerada uma metodologia ativa que consiste em inverter o processo de aprendizagem. As tarefas executadas em casa, na SAI são feitas em aula e, as tarefa feitas em sala de aula, na SAI são realizadas em casa. A ideia de colocar o aluno como protagonista do processo de aprendizagem encontra suporte nas teorias de Piaget e Vygostky. Neste trabalho adotamos a abordagem de SAI descrita por Bergmann e Sans [2] e usamos as redes sociais como ferramenta para o acesso ao conteúdo enviado aos alunos. O uso das tecnologias se apoia nas ideias de José Moran. Durante a aula presencial a professora dispôs de mais tempo para sanar as dúvidas dos alunos. Os resultados obtidos mostram que a aplicação da SAI oportunizou a participação dos alunos no processo de aprendizagem resultando em maior autonomia para os alunos e maior interação entre os alunos e entre a professora e alunos. Os resultados obtidos confirmam os benefícios da SAI no processo de ensino e aprendizagem na disciplina de Física na Educação Básica.

Biografia do Autor

Carolina Krupp Consul Confortin, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Professora de matemática e física da rede pública estadual e rede particular de encisno. Licenciada em Matemática - FACCAT, Especialização em Docência na Educação Básica - FACOS e Mestranda do Programa de Pós Graduação em Ciências Exatas - FURG

Prof. Dra Patrícia Ignácio, Universidade Federal do Rio grande - FURG

Patrícia Ignácio: possui graduação em Pedagogia pela UNISINOS (2003), especialização em Supervisão Escolar pela UNILASALLE (2005), mestrado em Educação em Estudos Culturais pela ULBRA (2007) e doutorado em Educação pela UFPE (2014).

Prof. Dra Rosângela Menegotto Costa, Universidade federal do Rio Grande - FURG

Rosângela Menegotto Costa: possui graduação em Física pela UFRGS (1990), mestrado em Física pela UFRGS (1993) e doutorado em Física pela UFRGS

Downloads

Publicado

2018-12-18

Como Citar

Krupp Consul Confortin, C., Ignácio, P. D. P., & Menegotto Costa, P. D. R. (2018). Uma aplicação da sala de aula invertida no ensino de física para a Educação Básica. Revista Educar Mais, 2(1). https://doi.org/10.15536/reducarmais.2.2018.%p.1231

Edição

Seção

Artigos