Orientação Sexual na Escola

Autores

  • Tatiana Lima Pires

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.0.2012.%25p.651

Resumo

Com a gravidez precoce as jovens abandonam ou interrompem seu
projeto de vida, geralmente param de estudar. Essa realidade é maior e mais
grave nas populações mais carentes, devido ao baixo nível de informação e à falta de orientação sexual em casa. Depois de investigar o nível de informação dos alunos sobre sexualidade, decidiu-se ampliar o conhecimento dos mesmos abordando os temas: Prejuízos causados pela gravidez na adolescência, métodos contraceptivos e doenças sexualmente transmissíveis. Conclui-se que o conhecimento dos assuntos abordados pode influenciar no comportamento dos educandos, contribuindo para uma melhor qualidade de vida.

Downloads

Publicado

2012-08-04

Como Citar

Pires, T. L. (2012). Orientação Sexual na Escola. Revista Educar Mais, (1). https://doi.org/10.15536/reducarmais.0.2012.%p.651

Edição

Seção

Artigos