Física Aplicada ao Trânsito: Uma revisão de Literatura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.14.2017.137-163.426

Palavras-chave:

Física do cotidiano, Contextualização, Revisão de literatura

Resumo

Uma das formas de se abordar a Física na Educação Básica para que sua aprendizagem possa ganhar maior significado é abordando fenômenos que façam parte da vida dos estudantes, como por exemplo as situações aplicadas no trânsito. Este artigo apresenta resultados obtidos de uma pesquisa bibliométrica sobre a produção acadêmica nacional da temática Física aplicada ao trânsito. O objetivo foi realizar uma revisão de literatura e analisar o estado da arte da produção acadêmica citada a fim de observar de que forma a temática vem sendo trabalhada na pesquisa e no ensino. A busca recuperou 2491 documentos, porém apenas 20 foram aproveitados na temática de interesse. Entre as ideias em comum levantadas, encontramos a importância de abordar o tema trânsito durante todos os anos da educação básica; a relevância da contextualização no Ensino de Física; e a influência dos aspectos emocionais na aprendizagem. Constatamos que, apesar do grande potencial para o ensino de Física, pouco tem se desenvolvido em pesquisas sobre o tema. Isso pode explicar a dificuldade na compreensão e assimilação de conceitos físicos amplamente utilizados no cotidiano do trânsito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrick Alves Vizzotto, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Professor colaborador da Universidade Federal do Rio Grande na disciplina de Física I (2016). Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências-FURG (2015). Graduado em Física-Licenciatura pela Universidade de Passo Fundo-UPF (2014). Também participa do Grupo de Pesquisa Inovações para o Ensino de Física - INOVAFÍS. Tem experiência na área de Ensino de Física, com ênfase em Física aplicada ao trânsito e ensino de astronomia.

Luiz Fernando Mackedanz, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Possui graduação em Licenciatura Em Física pela Universidade Federal de Pelotas (2000), mestrado em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003) e doutorado em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008). Atualmente trabalha como professor adjunto no Instituto de Matemática, Estatística e Física (IMEF) da Universidade Federal do Rio Grande, atuando junto aos programas de Pós Graduação em Educação em Ciências (PPGEC) e Mestrado Profissional em Ensino de Física (MNPEF). Ocupa também a vice-direção do IMEF no período 2013-2016. Trabalhou como professor assistente da Universidade Federal de Pelotas, lotado na Universidade Federal do Pampa, campus Caçapava do Sul, atuando junto ao curso de Geofísica. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Fenomenologia de Partículas Em Altas Energias e atua, desde 2010, na área de Educação em Ciências e Ensino de Física, atuando com os temas: formação de professores, inovações pedagógicas no ensino de ciências, temas controversos da física, contextualização e historicidade das ciências, interdisciplinaridade na atuação e formação de professores, formação continuada de professores de ciências naturais, relações de poder no currículo de ciências naturais.

Angélica Conceição Dias Miranda, Universidade Federal do Rio Grande - FURG


Angélica Conceição Dias Miranda concluiu o Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento em 2010, o mestrado em Engenharia de Produção em 2003, ambos pela Universidade Federal de Santa Catarina. É professora, Dedicação Exclusiva - DE, na Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Publicou trabalhos em anais de eventos. Possui 2 capítulos de livros e 1 livro publicados. Em suas atividades profissionais interagiu com 43 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Em seu Currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: organização de bibliotecas, bases de dados, biblioteca universitária, biblioteca escolar, biblioteca rio-grandense, feira do livro, biblioteca comunitária, biblioteconomia, divulgação e leitura. Vice-Lider e Pesquisadora do Instituto Biblion, Grupo de Pesquisa. Lider e Pesquisadora do Grupo de Pesquisa CITEG - Ciência, Informação e Tecnologia e Gestão - FURG. Coordena o Portal de Periódicos eletrônicos da FURG (http://www.seer.furg.br) e a implementação do Repositório Institucional (repositorio.furg.br)

Downloads

Publicado

2017-02-23

Como Citar

Vizzotto, P. A., Mackedanz, L. F., & Miranda, A. C. D. (2017). Física Aplicada ao Trânsito: Uma revisão de Literatura. Revista Thema, 14(1), 137–163. https://doi.org/10.15536/thema.14.2017.137-163.426

Edição

Seção

Ciências Exatas e da Terra