Transplante Renal e Hemodiálise

Autores

  • Maura da Rosa Lopes

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.0.2012.%25p.587

Resumo

O trabalho explica como é o transplante renal, como é feito, quem pode
doar quem pode receber como é o transplante de um doador vivo e um doador cadáver, cuidados com o paciente transplantado, causas da insuficiência renal, crônica e aguda, mostrando através de vídeo e entrevista com o médico nefrologista Dr. Werner Kempel, e o acompanhamento de uma sessão de hemodiálise no Hospital de Caridade Dr. Astrogildo de Azevedo na cidade de santa Maria, como é o tratamento do paciente com insuficiência renal até a espera de um órgão para transplante. Os alunos acompanharam os pacientes desde a saída de Caçapava até Santa Maria, observando a rotina dessas pessoas nos hospitais para as sessões desse tratamento. Este trabalho tem por objetivo incentivar as pessoas a doar órgãos quando na morte de um
familiar, ajudando a diminuir as infinitas filas de pacientes a espera de um transplante; sanar as dúvidas sobre o tratamento com hemodiálise, salientando que, apesar da diálise causar tanto pavor nos pacientes, ele deve ser encarado como uma oportunidade de vida. Através do vídeo e do tratamento observado no hospital, vimos pacientes dializados há 25 anos que levam uma vida próxima ao normal, trabalhando, viajando e praticando esportes. Assim, por intermédio deste trabalho, queremos trazer maiores informações de como é realizada a hemodiálise e os cuidados que devemos ter para que não haja a falência de um órgão. Queremos, também, mostrar a necessidade de que seja estabelecida uma estrutura mais eficiente para captação de órgãos no sistema
de saúde.

Downloads

Publicado

2012-08-04

Como Citar

Lopes, M. da R. (2012). Transplante Renal e Hemodiálise. Revista Educar Mais, (1). https://doi.org/10.15536/reducarmais.0.2012.%p.587

Edição

Seção

Artigos