A classe dos polinômios bivariados de Fibonacci (PBF): elementos recentes sobre a evolução de um modelo.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.14.2017.112-136.425

Palavras-chave:

Sequência de Fibonacci, Sequência Bivariada Polinomial de Fibonacci, História da Matemática.

Resumo

Se constata na abordagem, por parte dos autores de livros de História da Matemática – HM, uma apreciação lacônica, lúdica e desprovida de um vigor histórico-matemático que proporcione ao leitor um entendimento do processo evolutivo irrefreável hodierno do modelo de Fibonacci, originariamente correspondente ao processo biológico de produção de pares de coelhos. A partir dessa perspectiva, o trabalho atual discute a classe dos Polinômios Bivariados Complexos de Fibonacci – PBCF. Os mesmos constituem uma representação generalizada da Sequência de Fibonacci, em termos de uma variável real ‘x’ e a unidade imaginária ‘i’. Assim, o texto aborda e pormenoriza determinados resultados matemáticos que envidam uma perspectiva correlata ao processo ininterrupto evolutivo do modelo de Fibonacci, costumeiramente negligenciados por autores de livros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Regis Vieira Alves, IFCE

Possui graduação em Bacharelado em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (1998), graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (1997), mestrado em Matemática Pura pela Universidade Federal do Ceará (2001) e mestrado em Educação, com ênfase em Educação Matemática, pela Universidade Federal do Ceará (2002). Atualmente é professor do Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará / CE - 40h/a com DE, do curso de Licenciatura em Matemática. Tem experiência na área de Matemática e atuando principalmente nos seguintes temas: Didática da matemática, História da Matemática, Análise Real, Filosofia da Matemática e Tecnologias aplicadas ao ensino de matemática para o nível superior. Com pesquisa voltada ao ensino de Cálculo I, II, III, Análise Complexa, EDO, Teoria dos Números. E na Universidade Aberta do Brasil, com o ensino a distância de Matemática. Desenvolve pesquisa direcionada para o ensino do Cálculo a Várias Variáveis e sua transição interna. Atua também no Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática (ENCIMA) - UFC. Revisor e parecerista ad hoc dos seguintes periódicos: Vydya Educação, Sinergia - IFSP, Rencima - Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Revista do Instituto Geogebra de São Paulo, Tear - Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Boletim Online de Educação Matemática - BoEM e revista REMAT: Revista Eletrônica da Matemática. Comitê editorial do Boletim Cearense de Educação e História da Matemática (BOCEHM) e Coordenador do Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências e Matemática - PGECM/IFCE (acadêmico). Coordenador Institucional do projeto DINTER entre IFCE - UNIAN/SP em Educaçáo Martemática 2015/2018

Paula Maria Machado Cruz Catarino, UTAD - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, PORTUGAL.

DEP MATEMATICA

Downloads

Publicado

2017-02-23

Como Citar

Alves, F. R. V., & Cruz Catarino, P. M. M. (2017). A classe dos polinômios bivariados de Fibonacci (PBF): elementos recentes sobre a evolução de um modelo. Revista Thema, 14(1), 112-136. https://doi.org/10.15536/thema.14.2017.112-136.425

Edição

Seção

Ciências Exatas e da Terra

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)