LaTeX como potencial ferramenta de inclusão de pessoas cegas

uma revisão sistemática na literatura

Autores

  • Pércoles Tiago Napivoski Universidade Federal do Rio Grande – FURG, Rio Grande/RS - Brasil
  • Regina Barwaldt Universidade Federal do Rio Grande – FURG, Rio Grande/RS - Brasil
  • Gisele Moraes Simas Universidade Federal do Rio Grande – FURG, Rio Grande/RS - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V23.2024.150-159.3636

Palavras-chave:

LaTeX, pessoas cegas, educação, tecnologia assistiva, software de leitura de tela

Resumo

A linguagem LaTeX, aliada a computadores pessoais e softwares de leitura de tela, emerge como uma ferramenta de inclusão e acessibilidade para pessoas cegas. Seu potencial é particularmente notável nas áreas de Matemática e Ciências, em que complexas equações e notações dificultam a compreensão de informações necessárias para o desenvolvimento educacional e profissional dessas pessoas. Apesar do LaTeX ser amplamente recomendado para a produção de artigos científicos, ainda é uma ferramenta subutilizada na promoção da acessibilidade. O presente trabalho tem o objetivo de apresentar uma revisão sistemática da literatura, visando investigar o potencial transformador do emprego do LaTeX em conjunto com softwares de leitura de tela. Nossa análise abrangeu nove bases de dados (ACM, BOLEMA, CAPES, IEEE Xplore, IENCI, RELATEC, RENOTE, SBC e SciELO) e considerou as publicações dos últimos cinco anos (2018–2023). Os resultados obtidos enfatizam os benefícios do LaTeX, incentivando seu uso, principalmente no ensino superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pércoles Tiago Napivoski, Universidade Federal do Rio Grande – FURG, Rio Grande/RS - Brasil

Possui graduação em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande (2022). Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Ensino de Matemática.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3761898003571703

Regina Barwaldt, Universidade Federal do Rio Grande – FURG, Rio Grande/RS - Brasil

Doutora em Informática na Educação e Mestre em Ciência da Computação, ambos pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, graduada em Análise de Sistemas pela Universidade Católica de Pelotas. Atualmente é Docente Adjunta no Centro de Ciências Computacionais (C3) da Universidade Federal do Rio Grande. Docente permanente no Programa de Pós-graduação em Engenharia da Computação/PPGComp/FURG e docente permanente no Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências/PPGEC/ FURG, onde exerceu Cargo de Coordenadora. Avaliadora Institucional e de Cursos pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (BASis) do INEP/MEC, desde 2011. Possui experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Informática na Educação, atua nas temáticas, como: Engenharia Educacional, Tecnologia Assistiva, Interface Humano Computador e Inteligência Artificial na Educação.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/2017770059745262

Gisele Moraes Simas, Universidade Federal do Rio Grande – FURG, Rio Grande/RS - Brasil

Atualmente é professora do Centro de Ciências Computacionais - C3 da Universidade Federal do Rio Grande - FURG. É doutora em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel); mestre em Modelagem Computacional pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG); e graduada em Engenharia de Computação da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Atua principalmente nos seguintes temas: Bioinformática, Aprendizagem de Máquina, Redes Neurais Profundas e Robótica.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3122595355314053

Downloads

Publicado

2024-03-08

Como Citar

NAPIVOSKI, P. T.; BARWALDT, R.; SIMAS, G. M. LaTeX como potencial ferramenta de inclusão de pessoas cegas: uma revisão sistemática na literatura. Revista Thema, Pelotas, v. 23, n. 1, p. 150–159, 2024. DOI: 10.15536/thema.V23.2024.150-159.3636. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/3636. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências Exatas e da Terra

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)