Qualitative potential of grape juices produced at Campanha Gaúcha, Brazil

Autores

  • Suélen Braga de Andrade Kaltbach Universidade Federal de Pelotas - UFPel, Pelotas/RS - Brasil
  • Pedro Kaltbach Universidade Federal de Pelotas
  • Vagner Brasil Costa Universidade Federal de Pelotas - UFPel, Pelotas/RS - Brasil
  • Angélica Bender Universidade Federal de Pelotas - UFPel, Pelotas/RS - Brasil
  • Flávio Gilberto Herter Universidade Federal de Pelotas - UFPel, Pelotas/RS - Brasil
  • André Luiz Külkamp de Souza Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, Estação Experimental de Videira, Videira/SC - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V22.2023.283-297.3201

Palavras-chave:

Ives, Vitis labrusca, enzymatic extraction, steam juicer, Concord

Resumo

This research investigated the qualitative potential of Concord and Ives (Bordô) grape juices from Campanha Gaúcha. The study was composed of three different experiments that evaluated and compared grape juices from different locations within Campanha Gaúcha (Experiment 1); grape juices from Campanha Gaúcha and Serra Gaúcha (Experiment 2); grape juices produced with different extraction systems (Experiment 3). Juice quality was assessed by analyses of physicochemical parameters and bioactive compounds. Within Campanha Gaúcha, the factors that influenced most on juice quality were, in descending order, grape variety, production cycle and production site (within the region). Juices from Campanha Gaúcha showed similar or even superior quality, if compared with those from Serra Gaúcha, considering the parameters under study. Extraction methods impacted largely on beverage quality. Juices extracted with the method employing enzymes and heat exchangers showed higher total soluble solids content and higher content of bioactive compounds. Therefore, it was possible to conclude that Campanha Gaúcha presents conditions for producing grape juices for the Brazilian market, complying with all the necessary quality parameters evaluated in this study.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suélen Braga de Andrade Kaltbach, Universidade Federal de Pelotas - UFPel, Pelotas/RS - Brasil

Técnica em Agricultura (Instituto Federal Farroupilha - 2012) e em Agroindústria (Instituto Federal Sul-rio-grandense - 2014). Possui graduação em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Pelotas (2013) e Especialização em Didática e Metodologia do Ensino Superior pela Anhanguera Educacional (2014) e em Ciências dos Alimentos pela Universidade Federal de Pelotas (2018). Mestre em Ciências - Agronomia na área de concentração de Fruticultura de Clima Temperado (FAEM-UFPel) (2015). Doutora em Ciências - Agronomia na área de concentração de Fruticultura de Clima Temperado (FAEM-UFPel) (2021) com estágio de doutoramento na modalidade sanduíche na Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa (Portugal). Cursa Agronomia e Tecnologia em Gestão Ambiental. Tem experiência em pós-colheita de frutas, tecnologia de bebidas (suco de uva, vinho e cerveja) e gestão ambiental. Sommelière de cervejas pela Science of Beer Institute (2021). Atualmente é servidora pública e atua com gestão ambiental.

Pedro Kaltbach, Universidade Federal de Pelotas

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria(2016), mestrado em European Master of Sciences in Food Science, Technology and Business pela Katholieke Universiteit Leuven(2019) e ensino-medio-segundo-graupelo CENTRO DE ENSINO MÉDIO INTEGRADO UPF(2008).

Vagner Brasil Costa, Universidade Federal de Pelotas - UFPel, Pelotas/RS - Brasil

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Pelotas (2004), e graduação em Tecnologia em Viticultura e Enologia pela Universidade Federal de Pelotas-IFSUL-Câmpus Visconde da Graça (2013), mestrado em Agronomia Concentração Fruticultura de Clima Temperado pela Universidade Federal de Pelotas (2007) e doutorado em programa de Pós-graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Pelotas (2011).Foi Professor Adjunto da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)- Dom Pedrito do Curso de Bacharelado em Enologia. Atualmente é Professor Adjunto de Fruticultura da Universidade Federal de Pelotas- Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel e Professor Colaborador do Programa de Pós Graduação em Agronomia- Concentração em Fruticultura de Clima Temperado da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Atua também como Consultor do MEC, na área de Agronomia e Viticultura e Enologia. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Climatologia, Manejo e Tratos Culturais de Plantas Frutíferas,Viticultura, Olivicultura, Persicultura, Citricultura, Processamento de Sucos e Vinhos, Analise Sensorial de Alimentos e Processamento e Qualidade de Azeites.

Angélica Bender, Universidade Federal de Pelotas - UFPel, Pelotas/RS - Brasil

Possui formação de Técnico em Agropecuária pela escola Técnica Santa Isabel do município de São Lourenço do Sul, no ano de 2008, graduação em Viticultura e Enologia pela Universidade Federal de Pelotas no ano de 2013. Mestrado em Agronomia no programa de Fruticultura de Clima Temperado na Universidade Federal de Pelotas. Atuou como professora substituta no curso Superior de Tecnologia em Viticultura e Enologia no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul Riograndense Campus Pelotas- Visconde da Graça de março de 2015 a março de 2017. Doutora em Agronomia no programa de Fruticultura de Clima Temperado na Universidade Federal de Pelotas, tese intitulada Potencial de produção de uvas e sucos na Região do Vale do Rio do Peixe-SC: Avaliação de variedades e técnicas de processamento, trabalho desenvolvido em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina- Epagri, Estação Experimental de Videira. Atou em empresas privadas na produção de vinhos, alcoólicos por mistura e sucos. Atualmente trabalha na Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), atuando na área de pesquisa com vinhos e sucos de uva.

Flávio Gilberto Herter, Universidade Federal de Pelotas - UFPel, Pelotas/RS - Brasil

Pesquisador nível 1 do CNPq, Patrono do programa de extensão aprovado pela Pró-Reitoria de Extensão (ProEx) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Centro de Ciências da Natureza (CCN), Campus Lagoa do Sino, denominado Centro de Fruticultura UFSCar/CCN ?Prof. Dr. Flavio Gilberto Herter? (CFruti) [processo n° 23112.001198/2018-14], vigente a partir de 19/07/2018., professor voluntário do Programa de Pós Graduação em Agronomia (PPGA) da Universidade Federal de Pelotas. Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Pelotas (1972), mestrado em agrometeorologia pela USP (1981) e doutorado em Biologia e Fisiologia Vegetal pela Université Blaise Pascal Clermont Ferrand (1992). Pós-doc no Japão no programa JICA, na Universidade de Tsukuba (998). Professor permanente no Programa de Pós-graduação em Agronomia- PPGA e presidente da câmara de fruticultura. Atua nos cursos de mestrado e doutorado. É orientador de estudantes em nível de doutorado e mestrado na área de concentração Fruticultura de clima temperado e no programa de Pós- Graduação em Agronomia e fisiologia vegetal, no Departamento de Botânica. Regente de disciplinas nos referidos programas, tais como Ecofisiologia de Plantas Frutíferas de Clima Temperado, Biologia Hibernal de Plantas Lenhosas e Seminários. Colabora no curso de fruticultura de graduação ministrando aulas em temas básicos em pomáceas e drupáceas. Coordenou projetos bilaterais no programa Capes/Cofecub, França e Jica, com Japão. Exerceu a função de pesquisado, nivel I, na Embrapa na especialidade de agrometeorologia, durante o período de 1980 a 2008. Exerce atividades de pesquisa, ensino e desenvolvimento na área de Agronomia, com ênfase em ecofisiologia de Plantas frutíferas de clima temperado, nos seguintes temas: adaptação a invernos amenos, biologia floral, modelos de exigência em frio e calor nas culturas do pessegueiro, da pereira, da macieira e pequenas frutas (mirtilo e amora preta). Atualmente é consultor e gerente técnico da empresa Kaster Berries de produção de mirtilo e amora preta. Membro do Conselho Superior da Universidade Catolica de Pelotas. Em 2017 recebeu o título no qual foi dado em seu nome CENTRO DE FRUTICULTURA DA LAGOA DO SINO-UFSCAR PROF DR FLAVIO GILBERTO HERTER.

André Luiz Külkamp de Souza, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, Estação Experimental de Videira, Videira/SC - Brasil

Possui graduação em Agronomia pela Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (UFPel), foi bolsista da CAPES em nível de mestrado e CNPq em doutorado no Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Federal de Pelotas (PPGA/UFPEL), na área de concentração em Fruticultura de Clima Temperado. Foi extensionista Rural da Ascar/Emater de 2011 a 2014. Desde 2014 é pesquisador da área de fitotecnia na Epagri - Estação Experimental de Videira-SC com o desenvolvimento das seguintes linhas de pesquisa: sistemas de condução mecanizáveis, variedades resistentes, avaliação de cultivares, produção de mudas, porta-enxertos e tratos culturais de videira, pessegueiro e ameixeira.

Downloads

Publicado

2023-06-15

Como Citar

KALTBACH, S. B. de A. .; KALTBACH, P. L. P. K.; COSTA, V. B. .; BENDER, A. .; HERTER, F. G.; SOUZA, A. L. K. de. Qualitative potential of grape juices produced at Campanha Gaúcha, Brazil. Revista Thema, Pelotas, v. 22, n. 1, p. 283–297, 2023. DOI: 10.15536/thema.V22.2023.283-297.3201. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/3201. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Ciências Agrárias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)