Possíveis confluências entre alfabetização científica e ação dialógica nos processos de formação do sujeito

Autores

  • Mateus Lorenzon Centro Universitário UNIVATES
  • Eniz Conceição Oliveira Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.
  • José Cláudio Del Pino Universidade do Vale do Taquari

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V17.2020.210-220.1271

Palavras-chave:

Ensino de Ciências, alfabetização científica, ação dialógica, conscientização.

Resumo

Neste estudo, discutimos as possibilidades de desenvolvimento da Alfabetização Científica e da cidadania a partir da ação dialógica proposta por Paulo Freire. Para tanto, propomos uma interlocução teórica entre autores que abordam a temática do Ensino de Ciências, com teóricos que discorrem sobre o diálogo em uma perspectiva hermenêutica. Ao longo do estudo, destacamos que se a Ciência for compreendida como uma das formas de leitura de mundo, é possível colocá-la em diálogo com a realidade imediata do sujeito. Essa relação dialógica entre Ciência e realidade, permite aos educandos a criação de um ein Zwischen de ressignificação do real.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mateus Lorenzon, Centro Universitário UNIVATES

Graduado em Pedagogia. Mestrando do Programa de Pós Graduação em Ensino - UNIVATES. Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal em Nível Superior - CAPES.

Eniz Conceição Oliveira, Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Doutora em Química – UFRGS. Professora do Programa de Pós-Graduação em Ensino da Universidade do Vale do Taquari.

José Cláudio Del Pino, Universidade do Vale do Taquari

Doutor em Engenharia de Biomassa – UFRGS. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ensino da Universidade do Vale do Taquari.

Downloads

Publicado

2020-04-29

Como Citar

Lorenzon, M., Oliveira, E. C., & Del Pino, J. C. (2020). Possíveis confluências entre alfabetização científica e ação dialógica nos processos de formação do sujeito. Revista Thema, 17(1), 210-220. https://doi.org/10.15536/thema.V17.2020.210-220.1271

Edição

Seção

Ciências Humanas