Efeito da aplicação de indutores de brotação alternativos na videira ‘Bordô’ cultivada na região do Planalto Norte Catarinense

Autores

  • Douglas André Wurz Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Alcemir Nabir Kowal Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Thuany Aparecida Levandoski Jansen Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Thalia Aparecida Silva Maciel Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Eduarda Schmidt Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Rabechlt Stange Almeida Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Rodrigo Palinguer Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Otávio Frederico Tschoeke Steidel Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Eduardo Virmond Souza Farias Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Kelly Eduarda Demetrio Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil
  • Caroline de Souza Wisniewski Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V23.2024.343-352.3473

Palavras-chave:

Vitis labrusca L., cianamida hidrogenada, extrato de alho, variáveis produtivas

Resumo

No intuito de buscar produtos alternativos na indução da brotação da videira, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de indutores de brotação na videira ‘Bordô’ cultivada na região do Planalto Norte Catarinense. O experimento foi conduzido durante a safra 2020/2021, em vinhedo situado no município de Canoinhas, SC. Os tratamentos consistiram na pulverização dos seguintes indutores de brotação: Testemunha (aplicação de água), Nitrato de Cálcio (6% i.a), Bluprins® (7% p.c) + Nitrato de Cálcio (6% i.a), Bluprins® (7% p.c.), Extrato de Alho (5% i.a) e Dormex® (3,5% p.c). Foram avaliadas brotação, variáveis produtivas, arquitetura de cachos e maturação tecnológica. As variáveis foram submetidas à análise de variância (ANOVA) e as com efeito significativo de tratamento, procedeu-se o teste a comparação de médias pelo Teste Tukey a 5% de probabilidade de erro. A aplicação de indutores de brotação na videira ‘Bordô’ resultam aumento do percentual de brotação, aumento da produção e produtividade, além de resultar em aumento da massa de cachos e número de bagas cacho-1. No entanto, em função do aumento da produção planta-1, a maturação foi mais tardia em plantas submetidas a aplicação de indutores de brotação. Conclui-se que a videira ‘Bordô’ cultivada no Planalto Norte Catarinense deve-se realizar a indução de brotação, recomendando-se a aplicação de Dormex® (3,5%) e Extrato de Alho (5%).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Douglas André Wurz, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Professor no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC) - Câmpus Canoinhas e Coordenador do Curso Superior Bacharelado em Agronomia. Engenheiro Agrônomo e Sommelier Internacional, com experiência na área de Fruticultura de Clima temperado, Viticultura, Enologia, Análise Sensorial de Vinhos, Enogastronomia e Serviço do Vinho. Mestre e Doutor em Produção Vegetal pelo CAV/UDESC; Especialista em Proteção de Plantas pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), Especialista em Manejo de Pomares de Macieira e Pereira (IFSC), Especialista em Agronegócio (Unicesumar), Especialista em Tecnologias para Educação Profissional (IFSC), Especialista em Gestão Pública (IFSC), e Especialista em Docência para Educação Profissional (IFSC). Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Fruticultura e Viticultura no Planalto Norte Catarinense.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5755190100264780

Alcemir Nabir Kowal, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Possui graduação em Agronomia pelo Instituto Federal de Santa Catarina (2023) e graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2015). Especialização em Governança na Gestão Pública pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2018) e especialização em Tecnologias para a Educação Profissional pelo Instituto Federal de Santa Catarina (2019). Tem experiência na área de Educação.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0791096801660173

Thuany Aparecida Levandoski Jansen, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Possui graduação em Tecnologia em Alimentos pelo Instituto Federal de Santa Catarina(2019), curso-tecnico-profissionalizante em Técnico em Administração pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SC(2016) e ensino-medio-segundo-graupela E.E.B Colombo Machado Salles(2015)

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5659716015435465

Thalia Aparecida Silva Maciel, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Engenheira Agrônoma formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina;Técnica Química;Produtora de morangos;Possuo experiência com fruticultura e área de solos;Tenho facilidade em aprender e em escrever artigos;Curso de informática;Curso em Espanhol.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3547957683529489

Eduarda Schmidt, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Engenheira Agrônoma formada no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Experiência na área de defesa sanitária vegetal. Fiz parte do Grupo de Estudos e Pesquisa em Fruticultura e Vitivinicultura no Planalto Norte Catarinense do IFSC. Fui estagiária do Laboratório de Pós-colheita de Produtos Hortícolas da Escola Superior de Agricultura 'Luiz de Queiroz' (ESALQ/USP). Atualmente sou aluna de mestrado do PPG Fitotecnia na ESALQ/USP.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3226124265316649

Rabechlt Stange Almeida, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Estudante de Agronomia Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - IFSC. Atua como bolsista voluntária no grupo de Fruticultura do Campus Canoinhas - SC. Estagiária na empresa EngeNorte topografia e engenharia citada no município de Canoinhas. Formada em técnico em Agroecologia no Colégio estadual Duque de Caxias - ensino fundamental, médio e profissionalizante (2015).

Lattes: http://lattes.cnpq.br/6537103615938254

Rodrigo Palinguer, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Estudante de Agronomia no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0242616855835861

Otávio Frederico Tschoeke Steidel, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Estudante de Agronomia no Instituto Federal de Santa Catarina - Campus Canoinhas. Técnico em Informática formado pelo Serviço Social da Indústria do Paraná - SESI PR.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5306979194293771

Eduardo Virmond Souza Farias, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Possui ensino-medio-segundo-graupela SOCIEDADE EDUCACIONAL EXCELÊNCIA LTDA -EPP(2019). Tem experiência na área de Agronomia.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4614317874335608

Kelly Eduarda Demetrio, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Discente de Agronomia do Instituto Federal de Santa Catarina.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3406915686561329

Caroline de Souza Wisniewski, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, Campus Canoinhas/SC – Brasil

Possui ensino medio pelo Colégio Estadual São Mateus (2021).

Lattes: http://lattes.cnpq.br/3552863015323248

Downloads

Publicado

2024-06-04

Como Citar

WURZ, D. A.; KOWAL, A. N.; JANSEN, T. A. L.; MACIEL, T. A. S.; SCHMIDT, E.; ALMEIDA, R. S.; PALINGUER, R.; STEIDEL, O. F. T.; FARIAS, E. V. S.; DEMETRIO, K. E.; WISNIEWSKI, C. de S. . Efeito da aplicação de indutores de brotação alternativos na videira ‘Bordô’ cultivada na região do Planalto Norte Catarinense. Revista Thema, Pelotas, v. 23, n. 2, p. 343–352, 2024. DOI: 10.15536/thema.V23.2024.343-352.3473. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/3473. Acesso em: 20 jun. 2024.

Edição

Seção

Ciências Agrárias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)