Desenvolvimento emocional na educação de alunos disléxicos

desafios para políticas públicas no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V22.2023.451-462.3271

Palavras-chave:

Desenvolvimento emocional, dislexia, políticas públicas educacionais, educação inclusiva, crianças em idade escolar

Resumo

Este artigo objetivou analisar como a dislexia pode impactar o desenvolvimento emocional de crianças em idade escolar e os desafios enfrentados pelas políticas públicas educacionais brasileiras para lidar com essa questão. Foi utilizado o método dedutivo com abordagem qualitativa, juntamente com pesquisa bibliográfica e documental. O texto foi dividido em duas partes: (i) conscientização sobre o desenvolvimento emocional de crianças com dislexia e (ii) a importância da inteligência emocional para crianças disléxicas em idade escolar e um breve debate sobre políticas educacionais no Brasil. Conclui-se que profissionais da Educação, Direito e Psicologia podem contribuir na criação de novas políticas que incluam a inteligência emocional como um aspecto fundamental para o desenvolvimento integral das crianças disléxicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mara Dantas Pereira, Universidade Federal da Bahia - UFBA, Salvador/BA - Brasil

Doutoranda em Psicologia na Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador/BA. Mestra em Psicologia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), São Cristóvão/SE. Pesquisadora do Laboratório de Psicologia Positiva (LAPP/UFBA-CNPq). Membro do Grupo de Pesquisa Direito Humanos e Transformação Social (GPDTS/UNIRIO-CNPq).

Lattes: http://lattes.cnpq.br/7410506618665362

Downloads

Publicado

2023-08-01

Como Citar

PEREIRA, M. D. Desenvolvimento emocional na educação de alunos disléxicos: desafios para políticas públicas no Brasil. Revista Thema, Pelotas, v. 22, n. 2, p. 451–462, 2023. DOI: 10.15536/thema.V22.2023.451-462.3271. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/3271. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Ciências Humanas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)