Produtividade de cultivares de pepino para conserva em diferentes épocas de plantio sob ambiente protegido

João Vieira Neto, Paulo Antonio de Souza Gonçalves, Francisco Olmar Gervini de Menezes Júnior

Resumo


O objetivo desse estudo foi avaliar a produtividade de cultivares de pepino para conserva em diferentes épocas de semeadura. Dois experimentos foram conduzidos em duas épocas de plantio, safra e safrinha, com três datas de semeadura. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com seis repetições, em parcelas subdivididas. No cultivo da safra as parcelas abrigaram as cultivares (Ajax F1, Amour F1, Marinda F1 e Zapata) e, na safrinha, as cultivares (Amour F1, Marinda F1 e Kybria F1), as três épocas de semeadura constituíram as subparcelas. Na safra a primeira semeadura foi realizada em 15/08/2013, e na safrinha, em 13/02/2014, as duas restantes realizadas em intervalos quinzenais. Na safra, os maiores rendimentos ocorreram na primeira semeadura, com destaque para Marinda F1 e Amour F1, com respectivos (2,87 e 2,78 kg de massa fresca de frutos por planta e 144,86 e 143,84 frutos por planta). Na safrinha, os maiores rendimentos ocorreram na segunda e terceira semeadura, sendo que as três cultivares testadas apresentaram desempenho aproximado para massa fresca de frutos por planta, média de 1,45 kg. Quanto ao número de frutos por planta: Kybria F1 (69,02) e Marinda F1 (68,78).


Palavras-chave


Cucumis sativus; rendimento; sistemas de produção

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.15.2018.93-101.809

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref          

  Logotipo do Latindex