Estilos de aprendizagem na formação continuada do professor

reflexões sobre o curso de extensão

Autores

  • Lara Ronise de Negreiros Pinto Scipião Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza - SME, Fortaleza/CE - Brasil
  • Felismina de Sousa Neta Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza - SME, Fortaleza/CE - Brasil
  • José Ademir Damasceno Júnior Secretaria da Educação Básica do Ceará - SEDUC, Fortaleza/CE - Brasil
  • Daniel Brandão Menezes Universidade Vale do Acaraú - UVA, Aracajú/SE - Brasil
  • Maria José Costa dos Santos Universidade Federal do Ceará - UFC, Fortaleza/CE - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V22.2023.342-357.3224

Palavras-chave:

Sequência Fedathi, Teoria da Objetivação, estilos de aprendizagem, curso de extensão

Resumo

O curso de extensão intitulado “Formação de professores sob a perspectiva dos perfis de aprendizagem: uma vivência com a Sequência Fedathi e a Teoria da Objetivação” foi uma ação do Grupo de Estudos e Pesquisas Tecendo Redes Cognitivas de Aprendizagem da Universidade Federal do Ceará - G-Tercoa (CNPq/PPGE/UFC). O objetivo desse estudo foi analisar as reflexões sobre as práticas dos professores a partir das interações nos fóruns da plataforma TelEduc. No curso foram trabalhados os estilos de aprendizagem, à luz da Sequência Fedathi e da Teoria da Objetivação. O estudo se caracteriza por ser qualitativo e do tipo descritivo. A análise dos dados foi pautada nos procedimentos da Análise de Conteúdo, a partir das interações entre os cursistas nos fóruns de discussão. Foram selecionadas as interações de cinco cursistas, no fórum de discussão. Ao analisar os dados, foi possível refletir a mudança de postura do professor por meio das práticas compartilhadas entre os participantes durante o fórum de discussão. Neste sentido, observou-se a compreensão dos professores quanto à importância do conhecimento e prática dos estilos de aprendizagem, possibilitando uma melhoria no ensino e aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lara Ronise de Negreiros Pinto Scipião, Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza - SME, Fortaleza/CE - Brasil

Graduação em Pedagoga (Universidade Estadual do Ceará /UECE), Mestre em EDUCAÇÃO BRASILEIRA, pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutoranda em Ensino de Ciências e Matemática junto ao PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DA REDE NORDESTE DE ENSINO- RENOEN, Polo - Universidade Federal do Ceará - UFC. Especialista em Planejamento Educacional (UVA) . Professora concursada da Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) lotada no Distrito de Educação II. Tenho experiência na Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos. Atualmente sou formadora do PAIC /PNAIC no município de Fortaleza desde 2007, pertencente ao grupo de formadores da Rede Municipal de Fortaleza com estudo em alfabetização e letramento , avaliação , formação de professores e educação matemática. Experiência com o Programa PARFOR ( UFC), como professora nas disciplinas de Educação Infantil, Letramento e Alfabetização e a de Ensino de Ciências. Integrante dos grupos de pesquisa: Grupo Tecendo Redes Cognitivas de Aprendizagens (G-TERCOA) - UFC e do Grupo de Estudo e Pesquisa em Alfabetização (GEPA) - UFC . Atualmente faço parte do grupo de Tutoras do curso de extensão" Diálogos reflexivos sobre a prática pedagógica" no ambiente moodleMM, instalado no Laboratório de Pesquisa Multimeios da Universidade federal do Ceará-UFC.

Felismina de Sousa Neta, Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza - SME, Fortaleza/CE - Brasil

Mestranda em Educação - UFC na Linha Educação, Currículo e Ensino - LECE, eixo Ensino de Matemática. Pós-Graduada em Gestão Escolar pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Especialista em Psicopedagogia Institucional e Clinica pela Faculdade de Tecnologia Ateneu. Possui Licenciatura e Bacharel em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Possui interesse de Pesquisa em Educação Matemática Inclusiva, Autismo e Tecnologias Inclusivas. Membra do Grupo de Estudos Tecendo Redes Cognitivas de Aprendizagem (G-TERCOA) sob a orientação da Professora Dra Maria José Costa dos Santos. Participante dos grupos de extensão Política de Educação Especial e Educação Inclusiva (PEEEI) e Matemática Inclusiva. Atualmente é professora efetiva do Atendimento Educacional Especializado (AEE) da Escola Municipal Vereador José Barros de Alencar da Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza - SME.

José Ademir Damasceno Júnior, Secretaria da Educação Básica do Ceará - SEDUC, Fortaleza/CE - Brasil

Obteve licenciatura em Física pela Universidade Estadual do Ceará - UECE (2005), especialização no ensino de Física pela Faculdade Farias Brito - FFB (2006) e especialização em Gestão e Avaliação da Educação Pública pela Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF (2013). Possui mestrado em Ensino de Ciências e Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PGECM) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE (2018), na área de concentração em ensino de Física e Astronomia. É parecerista da Revista Prática Docente, do Instituto Federal de Mato Grosso - IFMT. É integrante do Núcleo de Pesquisa em Educação e Formação Docente (NUPEFD) da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA. Desde 2001, é professor de Física na educação básica da rede privada. Em 2005, tomou posse do cargo de professor na Secretaria da Educação Básica do Ceará - SEDUC. Foi coordenador escolar por 8 anos em escolas de educação básica. Atualmente, é diretor da EEMTI Liceu Vila Velha.

Daniel Brandão Menezes, Universidade Vale do Acaraú - UVA, Aracajú/SE - Brasil

Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), Bacharelado em Segurança Pública pela Academia de Polícia Militar General Edgard Facó, Mestre em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Especialista em Ciências Jurídicas e Bacharel em Direito pela Universidade Cruzeiro do Sul (UniCSul), Doutor em Educação Brasileira na linha de pesquisa Educação, Currículo e Ensino no eixo Ensino de Matemática pela UFC e Pós-doutor em Educação Brasileira na linha de pesquisa História e Educação Comparada pela UFC. Desenvolve projetos de pesquisas com foco na inovação pedagógica e tecnológica dos professores e orienta bolsistas PIBIC e PIBITI, financiados pelo CNPq e Funcap. Líder do Grupo de Pesquisa Núcleo de Pesquisa e Formação Docente. Bolsista Pesquisador de Interiorização - BPI FUNCAP 2020 - 2022. Docente e pesquisador da Universidade Estadual Vale do Acaraú. Professor permanente do Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional em cooperação técnica com a SEDUC - CE, Professor Pesquisador Voluntário do Programa de Pós-Graduação em Ensino da Rede Nordeste de Ensino ? PÓLO RENOEN-UFC e Professor Colaborador do Mestrado em Tecnologias Educacionais (UFC).

Maria José Costa dos Santos, Universidade Federal do Ceará - UFC, Fortaleza/CE - Brasil

Graduada em Pedagogia e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Ceará(PPGE/UFC)(nota 4). Licenciada em Matemática pela Universidade Cruzeiro do Sul(UNICSUL). Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN(nota 5). Pós-Doutora pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro(ProPed/UERJ)(nota 7). Professora Associada de matemática no Curso de Pedagogia(FACED/UFC). Coordenadora do Mestrado profissional em Ensino de Ciências e Matemática - (ENCIMA/UFC). Coordenadora do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência(PIBID/UFC). Coordenadora da Coordenadoria de Inovação e Desenvolvimento Acadêmico(COIDEA/EIDEIA/UFC). Coordena o Programa de Apoio e Acompanhamento Pedagógico (PAAP/COIDEA/UFC). Especialista em Informática Educativa pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Especialista em Sistema de Informação pela Universidade Gama Filho(UGF), Cursa especialização em Docência do Ensino Superior pela Universidade Cruzeiro do Sul(UNICSUL). Pesquisadora e orientadora nos Programas de Pós-Graduação em Educação - (PPGE/UFC) e no Mestrado profissional em ensino de Ciências e Matemática(ENCIMA/UFC). Tem projetos de pesquisa com bolsistas PIBIC e PIBITI, financiados pelo CNPq, Funcap e UFC. Os projetos de pesquisa têm foco na Inovação, Moonshots, Cyberdidática, Disrupção na educação, Tecnologias educacionais, Práticas pedagógicas, avaliação, currículo e saberes docentes de professores que ensinam matemática. Tem projetos de monitoria para a Iniciação à Docência-PID, também de Iniciação Acadêmica(BIA, PAIP/CGPA e Extensão), visando sempre a formação inicial, contínua e continuada dos professores. Desenvolve pesquisa em redes intelectivas entre o Brasil e outros países, em especial, Moçambique. Participa do grupo de pesquisa Políticas de Avaliação, Desigualdade e Educação Matemática(ProPed/UERJ/CNPq). Pasrticipa do laboratório de Pesquisas Multimeios(MM). É líder do Grupo de Pesquisa Tecendo Redes Cognitivas de Aprendizagem(G-TERCOA/UFC/CNPq).

Downloads

Publicado

2023-07-05

Como Citar

SCIPIÃO, L. R. de N. P.; SOUSA NETA, F. de S. N.; DAMASCENO JÚNIOR, J. A.; MENEZES, D. B.; SANTOS, M. J. C. dos. Estilos de aprendizagem na formação continuada do professor: reflexões sobre o curso de extensão. Revista Thema, Pelotas, v. 22, n. 2, p. 342–357, 2023. DOI: 10.15536/thema.V22.2023.342-357.3224. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/3224. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Ciências Humanas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)