Contribuições de bell hooks à Psicologia da Educação

Autores

  • Fabio Scorsolini-Comin Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V23.2024.61-76.2811

Palavras-chave:

Educação libertadora, formação de professores, Psicologia da Educação, bell hooks

Resumo

A escritora feminista afro-americana bell hooks (1952-2021) sempre defendeu a construção de uma educação engajada e libertadora. O objetivo deste ensaio crítico é refletir sobre as possíveis contribuições de bell hooks para o campo da Psicologia da Educação. Para essa discussão foram recuperados na literatura científica dilemas enfrentados na formação de professores e professoras em cursos de licenciatura no cenário brasileiro. Como resultado, sugere-se um debate no ensino superior capaz de incluir a raça/cor, o gênero e a origem como marcadores sociais. Tal movimento pode orientar o modo como esses professores e professoras participarão do processo formativo de seus alunos. Conclui-se que o conceito de transgressão defendido por hooks pode ser um componente importante, superando um cenário de apatia e de comodismo muitas vezes presente na educação contemporânea, em direção a uma condição de reflexão mais colaborativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabio Scorsolini-Comin, Universidade de São Paulo

Psicólogo, Mestre, Doutor e Livre-Docente em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Professor Associado do Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP). Orientador do Programa de Pós-graduação em Enfermagem Psiquiátrica da EERP-USP e do Programa Interunidades de Doutoramento em Enfermagem da EE-USP e da EERP-USP. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. 

Downloads

Publicado

2024-02-27

Como Citar

SCORSOLINI-COMIN, F. Contribuições de bell hooks à Psicologia da Educação. Revista Thema, Pelotas, v. 23, n. 1, p. 61–76, 2024. DOI: 10.15536/thema.V23.2024.61-76.2811. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/2811. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências Humanas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)