Professor de Educação Física do 1º ao 5º ano da RMEPel: perfil, sentimentos de valorização e formação continuada

Daiane Tavares Borck, Ivan Bremm de Oliveira, Giovanni Felipe Ernst Frizzo

Resumo


O objetivo desse estudo foi analisar o perfil, o sentimento de valorização e a formação continuada do professorado de Educação Física (EF) do 1º ao 5º ano da Rede Municipal de Ensino de Pelotas (RMEPel). Participaram 29 professores de EF que responderam a um questionário com questões abertas e fechadas. Utilizou-se da análise frequencial e de conteúdo na análise de dados. Em relação ao perfil, constatou-se que a feminização historicamente construída da profissão docente ainda persiste. Verificou-se ainda a excessiva carga horária e a situação de multiempregos, inclusive no ambiente não escolar como forma de complementar seus rendimentos. Além disso, o professorado relatou se sentirem excessivamente desvalorizados na profissão docente. Apesar de buscarem na formação continuada qualificar seu trabalho pedagógico, a mesma não se mostrou capaz de superar o sentimento de desvalorização relatada pelo professorado.

Palavras-chave


Educação Física; anos iniciais; perfil; valorização profissional; formação continuada.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.16.2019.83-95.1175

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref          

  Logotipo do Latindex