Explorando a Geometria Fractal no Ensino Médio por meio de uma Oficina Pedagógica

Aline Picoli Sonza, José Carlos Pinto Leivas

Resumo


Diante da inegável necessidade de se buscar métodos e metodologias de ensino que tornem a aprendizagem de matemática mais atrativa, que desperte o interesse do estudante e que este seja um sujeito dinâmico no processo, o ensino dos fractais por meio de uma oficina pedagógica revelou-se como uma alternativa proeminente. Neste contexto, o presente artigo é o relato do desenvolvimento de uma oficina sobre Geometria dos Fractais em uma turma de 3º ano do Ensino Médio. A aplicação da oficina aconteceu em etapas que compreenderam uma abordagem inicial, contendo aspectos históricos, aplicações, características e curiosidades sobre os fractais, construções em papel quadriculado e em papel dobradura, e realização de análise e cálculos. A partir das construções foram realizadas discussões a respeito das características e das relações dos fractais com outras áreas e com outros tópicos de matemática do Ensino Médio. A análise dos resultados da aplicação da oficina permite concluir que os objetivos foram atingidos pois, além de identificar os fractais na natureza, suas características e a importância do seu estudo, os alunos conseguiram relacionar com outros tópicos da matemática já estudados.

Palavras-chave


Fractais; Ensino Médio; Oficina Pedagógica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.15.2018.1549-1561.1122

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref            

Logotipo do Latindex