Ciência e Tecnologia no Brasil: institucionalização e criação da carreira de Gestão, Planejamento e Infra-estrutura em C&T

Autores

  • Patricia Amelia Olano Morgantti Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
  • José Claudio Del Pino Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Instituto de Ciências Básicas da Saúde, PPG Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.16.2019.129-148.1066

Palavras-chave:

Carreira de Gestão, Planejamento e Infra-estrutura em Ciência e Tecnologia, Desempenho dos Analistas em Ciência e Tecnologia, CNPq, Educação Continuada, Mestrado e doutorado.

Resumo

O presente artigo busca realizar uma análise da trajetória da carreira de Gestão, Planejamento e Infra-estrutura em Ciência e Tecnologia no Brasil, apresentando uma breve reconstituição histórica e uma exposição de problemas enfrentados em seu panorama atual. Para isso, abordaremos a institucionalização da Ciência e Tecnologia no cenário brasileiro; a criação da carreira de Gestão, Planejamento e Infra-estrutura em Ciência e Tecnologia; e as características do desempenho dos Analistas em Ciência e Tecnologia (C&T), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), instituição pública federal de fomento à pesquisa científica e tecnológica. Pretende-se, por fim, mostrar a importância de uma pesquisa sobre a possível relevância da educação continuada, mais especificamente, da realização de pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado), para o desempenho dos Analistas em C&T, tanto do ponto de vista individual quanto de sua contribuição no cumprimento da missão dessa Instituição pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Amelia Olano Morgantti, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) (2014 - atual). Possui Mestrado Profissionalizante em Desenvolvimento Sustentável, área de concentração Política e Gestão de Ciência e Tecnologia, pela Universidade de Brasília (2005); Especialização em Gestão da Cooperação Internacional em Ciência e Tecnologia, pela Universidade de Brasília (1994); e Graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Católica de Brasília (1983). É Analista em Ciência e Tecnologia Sênior III do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), atuando na Coordenação de Promoção da Qualidade de Vida e Competências, da Coordenação-Geral de Recursos Humanos do CNPq. Desde agosto de 2014 realiza estudos de Doutorado na área de Educação em Ciências, junto à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

José Claudio Del Pino, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Instituto de Ciências Básicas da Saúde, PPG Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.

Possui graduação em Licenciatura em Química pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1975), graduação em Química Industrial pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1975), especialização em Química pela Universidade de Passo fundo (1978), especialização em Ensino de Química pela Universidade de Caxias do Sul (1988), Mestrado em Ciências Biológicas-Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1984), Doutorado em Engenharia de Biomassa pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1994) e Pós-doutorado pela Universidade de Aveiro-Portugal (2004). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor-Orientador do PPG Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde e do PPG Química, ambos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Tem experiência acadêmica na área de Educação, com ênfase em Educação Química, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, ensino de química, material didático, currículo de química e informática educativa.

Downloads

Publicado

2019-05-01

Como Citar

Morgantti, P. A. O., & Del Pino, J. C. (2019). Ciência e Tecnologia no Brasil: institucionalização e criação da carreira de Gestão, Planejamento e Infra-estrutura em C&T. Revista Thema, 16(1), 129-148. https://doi.org/10.15536/thema.16.2019.129-148.1066

Edição

Seção

Ciências Humanas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)