Produtividade, fitossanidade e perdas em pós-colheita da cebola fertirrigada sob parcelamentos de nutrientes e densidades populacionais

Autores

  • Francisco Olmar Gervini de Menezes Júnior Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Epagri
  • Paulo Antônio Souza Gonçalves Epagri - Estação Experimental de Ituporanga
  • Edivânio Rodrigues de Araújo Epagri - Estação Experimental de Ituporanga
  • Claudinei Kurtz Epagri - Estação Experimental de Ituporanga

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V21.2022.154-173.2355

Resumo

Foi analisada a produtividade, severidade de míldio (SM), incidência de tripes (IT) e perda pós-colheita (PPC) da cebola em plantio direto fertirrigado sob quatro densidades populacionais (DP = 300, 400, 500 e 600 mil plantas ha-1) e aplicações de N (150 kg N ha-1) e K (127,5 kg K2O ha-1) distribuídas via fertirrigação de forma semanal (PS), quinzenal (PQ) e mensal (PM), com base na curva de absorção dos nutrientes para o cultivar Empasc 352 - Bola Precoce. Os ensaios foram conduzidos em 2017, 2018, 2019 e 2020, em Ituporanga - SC. Tºs elevadas, baixa UR% e precipitações irregulares aceleram o desenvolvimento (DSV), antecipam e favorecem a IT, a SM, e reduzem a produtividade comercial (PC). Sob condições climáticas favoráveis o PS aumenta a PC e de bulbos da classe 3 e superiores. Sob condições climáticas menos favoráveis a PC e de bulbos Cx2 aumentam com DP, mas a partir de 500 mil plantas reduzem a produtividade classe 3 e superiores. O aumento da DP a partir de 500 mil plantas aumenta a SM e a produtividade classe 2, e reduz a produtividade classe 3 e superiores. O PS pode aumentar a IT. O parcelamento de nutrientes não influencia a SM e as PPC.

Palavras-chave: Allium cepa; desenvolvimento; plantio direto; nitrogênio; potássio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Olmar Gervini de Menezes Júnior, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Epagri

Possui graduação em Engenharia Agronômica (1994), mestrado (1998) e doutorado (2003) em Produção Vegetal pela Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (FAEM) - Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e especialização (2010) em Cultura de Tecidos Vegetais pela Universidade Federal de Lavras (UFLA). Atualmente é Agente Técnico de Formação Superior IV - Pesquisador em Olericultura da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A.? EPAGRI. Foi professor universitário (UFRGS e UERGS), pesquisador bolsista DCR-1(CNPq) e extensionista junto ao SENAR-RS e CODEVASF. Consultor ad hoc da FAPESC e FAPES, e dos periódicos Scientia Horticulturae, Horticultura Brasileira, Ciência Rural, Revista Brasileira de Agroecologia, Revista de Ciências Agroveterinárias e Agropecuária Catarinense. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Olericultura. Desenvolve pesquisas relacionadas a Produção Integrada e Orgânica de Cebola - Allium cepa; Desenvolvimento de cultivares de batata - Solanum tuberosum; e Cultivo sem Solo do Morangueiro - Fragaria x ananassa - em Ambiente Protegido. Coordenador do projeto Produção Integrada de Cebola para o Estado de Santa Catarina. Membro da Comissão da Produção Integrada Agropecuária em Santa Catarina - CEPIB-SC/MAPA.

Paulo Antônio Souza Gonçalves, Epagri - Estação Experimental de Ituporanga

Graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras (1985), mestrado em Agronomia (Entomologia) pela Universidade Federal de Lavras (1989) e doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (2001). Atua na função de pesquisador desde 1990 na Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Agroecologia, Agricultura orgânica, Entomologia Agrícola. Trabalhos publicados e assessoria nos seguintes temas: manejo ecológico e orgânico de hortaliças com foco em cebola; Allium cepa; manejo ecológico de tripes, Thrips tabaci; agroecologia; agricultura orgânica; manejo ecológico de mosca-das-frutas, Anastrepha fraterculus; homeopatia vegetal. Atua em apoio técnico e assessoria em agroecologia a agricultores. Cursos de Agroecologia e Manejo de Pragas em Cebola para agricultores e técnicos. Possui registrado no sistema de publicações da Epagri (SEPROTEC) 232 trabalhos técnicos em publicações diversas (data 27/01/2021). Desenvolveu 5 produtos tecnológicos (substâncias em altas diluições) para manejo orgânico na cultura da cebola e 2 para rúcula com trabalhos publicados. Desenvolveu 25 processos ou tecnologias para hortaliças com trabalhos publicados. Realizou 195 produções técnicas entre, assessorias, apresentações diversas, trabalhos técnicos e mini-cursos. Participa em 11 projetos registrados no sistema de planejamento da Epagri (SEPLAN) com metas de pesquisa no manejo de insetos e agroecologia (data 27/01/2021).

Edivânio Rodrigues de Araújo, Epagri - Estação Experimental de Ituporanga

Graduado em Agronomia pela Universidade de Brasília. Cursou Mestrado e Doutorado em Fitopatologia na mesma instituição. Possui experiência em taxonomia fúngica, com ênfase no grupo dos ascomicetos. Mais recentemente atuou na detecção molecular das espécies de Xanthomonas associadas à mancha bacteriana do tomateiro e com estudos epidemiológicos desse patossistema. Atualmente é pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Epagri, onde desenvolve trabalhos com diagnose e manejo de doenças da cebola, focando principalmente o míldio e a queima das pontas.

Claudinei Kurtz, Epagri - Estação Experimental de Ituporanga

Possui graduação em AGRONOMIA pela Universidade do Estado de Santa Catarina (1999). MESTRADO em agronomia na área de Ciência do Solo pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2008) e DOUTORADO em Ciência do Solo pela Universidade Federal do Paraná (2015). É funcionário da EPAGRI - Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, lotado na Estação Experimental de Ituporanga, SC, onde atua como pesquisador. Atuou como gerente da Estação Experimental de Ituporanga em 2008 e de 2016 a 2019. Desenvolve trabalhos de pesquisa na área de Fertilidade e Manejo do Solo e Nutrição de Plantas, principalmente com a cultura da cebola. Realiza trabalhos de pesquisas em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e Universidade federal do Paraná (UFPR). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fertilidade e Manejo do Solo e Nutrição de Plantas, cultura da cebola, outras hortaliças e grãos.

Downloads

Publicado

2022-04-01

Como Citar

GERVINI DE MENEZES JÚNIOR, F. O.; SOUZA GONÇALVES, P. A.; RODRIGUES DE ARAÚJO, E.; KURTZ, C. Produtividade, fitossanidade e perdas em pós-colheita da cebola fertirrigada sob parcelamentos de nutrientes e densidades populacionais. Revista Thema, Pelotas, v. 21, n. 1, p. 154–173, 2022. DOI: 10.15536/thema.V21.2022.154-173.2355. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/2355. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Ciências Agrárias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)