BNCC e escrita cursiva

um estudo sobre as percepções dos professores da rede municipal de Lajeado-RS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V19.2021.731-742.2319

Resumo

O trabalho aborda as percepções dos professores municipais de 1º, 2º e 3ºs anos de Lajeado - RS quanto à importância e à obrigatoriedade do ensino da letra cursiva. De acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), seu ensino é obrigatório. Assim, objetivou-se verificar o que os professores pensam a respeito, bem como se consideram importante saber ler e escrever utilizando essa letra, além de investigar possíveis habilidades que são desenvolvidas com seu uso. Analisaram-se referenciais teóricos como Material do Pró Letramento, Cadernos do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, BNCC, Soares (2015), Camini (2013) e Morais (2012), além de pesquisa com os professores para verificar seu posicionamento. A partir dos dados e do arcabouço teórico, refletiu-se sobre o ensino da escrita cursiva, a exposição simultânea do aluno à letra de imprensa e cursiva, a continuidade da exigência da letra cursiva, a relação do professor com a escrita cursiva, bem como a viabilidade do seu ensino no 1º e no 2º ano. Constatou-se que os professores consideram importante seu ensino e preferem utilizá-la. Também destacam que seu uso estimula mais o cérebro e melhora a coordenação motora.

Palavras-chave: Alfabetização; anos iniciais; escrita; letra cursiva; obrigatoriedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Redecker Schwabe, Instituto Federal Sul-rio-grandense

Possui graduação em Letras Português-Alemão pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS (1998), mestrado em Linguística Aplicada pela Pontifícia Universidade Católica - PUCRS (2006) e doutorado em Linguística Aplicada pela UNISINOS (2017) . Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: letras português-alemão, interacionismo sociodiscursivo, ergologia, trabalho docente e enunciação. Professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense - IFSul desde 2011. Chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão (DEPEX) do IFSul Câmpus Lajeado, de 18 de março de 2014 a 31 de agosto de 2016. Diretora-geral do Câmpus Lajeado desde 1º setembro de 2016.

Downloads

Publicado

2021-11-30

Como Citar

Schwabe, C. R., & Lottermann, A. . (2021). BNCC e escrita cursiva: um estudo sobre as percepções dos professores da rede municipal de Lajeado-RS. Revista Thema, 19(3), 731-742. https://doi.org/10.15536/thema.V19.2021.731-742.2319

Edição

Seção

Ciências Humanas