Os Jogos Paralímpicos no caderno de esportes do jornal O Globo

análise das edições de 1988 a 2016

Autores

  • Jaqueline Marinho Centro Universitário Fametro - CEUNI
  • Carolina Fernandes Universidade Federal de Santa Catarina
  • Eveline Torres Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V19.2021.562-579.2104

Resumo

O objetivo do estudo é analisar a cobertura do caderno de esportes do jornal O Globo durante as edições dos Jogos Paralímpicos de 1988 a 2016. Para tanto, foram coletadas notícias no acervo online do jornal O Globo, três dias antes e três após o término de cada edição dos Jogos Paralímpicos de 1988 a 2016, posteriormente, foram analisadas e interpretadas com o auxílio do software ATLAS.ti 7.5.18, a partir da técnica de análise documental. Evidenciou-se uma tendência em noticiar os feitos esportivos dos atletas utilizando terminologias depreciativas ou enfatizando assuntos que não possuíam relação direta com o ambiente esportivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jaqueline Marinho, Centro Universitário Fametro - CEUNI

Mestre em Educação Física - Universidade Federal de Viçosa (UFV), Especialista em Esportes e Atividades Físicas Inclusivas - Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Licenciada em Educação Física - Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Docente no Centro Universitário FAMETRO. Professora na Secretaria Municipal de Educação de Manaus (SEMED). Professora voluntária no Programa de Atividades Motoras para Deficientes (PROAMDE/FEFF/UFAM). Tem experiência em educação física adaptada, com atuação nos projetos de extensão, Escolinha de Futsal para Pessoas com Deficiência (PROAMDE/FEFF/UFAM), Programa de Atividade Física Adaptada (PROAFA/DES/UFV) e em projetos de pesquisa. Tem interesse nas áreas de educação física escolar, educação física adaptada e esportes paralímpicos.

Carolina Fernandes, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora do Departamento de Educação Física (DEF), do Programa de Pós-Graduação em Educação Física (PPGEF) e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora convidada da Universität Leipzig, na Alemanha. Pós-doutorado em Ciências do Movimento Humano, no PPGCMH da UFRGS. Doutora em Ciências do Movimento Humano no PPGCMH/ESEFID/UFRGS, com bolsa CAPES e período sanduíche na Charles University em Praga na República Tcheca. Mestre em Ciências do Movimento Humano. Especialista em Cinesiologia pela ESEFID/ UFRGS. Licenciada em Educação Física pela Universidade da Região da Campanha. Líder do Sôma - Núcleo de Estudos em Cultura, Corpo e Movimento do CDS/UFSC. Pesquisadora do Núcleo de Estudos em História do Esporte e da Educação Física- NEHME- ESEFID/UFRGS. Membro da junta diretiva da Associação Latina de Filosofia do Desporte (ALFID). Membro da Academia Olímpica Brasileira, participante do 19th International Seminar on Olympic Studies for Postgraduate Students of the International Olympic Academy, ocorrido em Olímpia - Grécia. Membro pesquisadora da Academia Paralímpica Brasileira. Atuando principalmente nos seguintes temas: Estudos históricos e socioculturais do Esporte, da Educação Física, do Esporte Olímpico e Paralímpico, do Corpo, e Epistemologia da Educação Física. 

Eveline Torres, Universidade Federal de Viçosa

Possui Graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa, Licenciatura e Bacharelado (1991); Especialização em Educação Física Escolar pela Universidade Federal de Viçosa (1996); Mestrado (1999) e Doutorado (2005) em Educação Física e Cultura pela Universidade Gama Filho. Atualmente é Professora Associada do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Viçosa. É membro efetivo do Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UFV/UFJF, nível Mestrado e Doutorado. Coordena o PROAFA - Programa de Atividade Física Adaptada que engloba projetos interdisciplinares de extensão voltados para pessoas com deficiência e/ou transtorno mental. Pesquisas e orientações englobam os seguintes temas: pessoas com deficiência, transtorno mental, dependência química, atividade física e esportes adaptados, atividade física e envelhecimento. 

Downloads

Publicado

2021-10-13

Como Citar

Marinho da Silva, J. M., Fernandes da Silva, C., & Torres Pereira, E. (2021). Os Jogos Paralímpicos no caderno de esportes do jornal O Globo: análise das edições de 1988 a 2016. Revista Thema, 19(3), 562-579. https://doi.org/10.15536/thema.V19.2021.562-579.2104

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas