A desigualdade isoperimétrica

aspectos históricos e um esboço de sua demonstração para alunos do Ensino Médio

Autores

  • Marcos Melo Universidade Federal do Ceará
  • Carlos Henrique Sales Martins

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V21.2022.563-578.1745

Palavras-chave:

Área, circunferência, comprimento, desigualdade isoperimétrica, polígonos regulares.

Resumo

Este artigo apresenta um recorte de uma dissertação do curso de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional – Profmat, que exibiu uma introdução histórica da desigualdade isoperimétrica e uma abordagem dela para o Ensino Médio. Os objetivos foram mostrar aos alunos como tal desigualdade pode ser facilmente verificada utilizando figuras geométricas bem conhecidas por eles, e como essas figuras podem ser usadas para obter um esboço da demonstração desta desigualdade. Adotou-se como metodologia a pesquisa bibliográfica. Como resultado, constatou-se que é possível propor aos alunos do Ensino Médio um estudo de matemática por meio da investigação da resolução de problemas práticos, mesmo que a solução rigorosa deles esteja no contexto de matemática avançada.

Palavras-chave: Área; circunferência; comprimento; desigualdade isoperimétrica; polígonos regulares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

Melo, M., & Martins, C. H. S. (2022). A desigualdade isoperimétrica: aspectos históricos e um esboço de sua demonstração para alunos do Ensino Médio. Revista Thema, 21(2), 563–578. https://doi.org/10.15536/thema.V21.2022.563-578.1745

Edição

Seção

Ciências Humanas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)