Sala de Aula Invertida: possíveis aproximações para o ensino da Matemática

Aline da Silva Bizolatti, Joao Coelho Neto

Resumo


O uso de metodologias alternativas podem ser um diferencial para o processo de ensino e de aprendizagem. Dessa forma, este artigo visa analisar de que forma a Sala de Aula Invertida vem sendo abordada no ensino de Matemática. O encaminhamento metodológico utilizado foi o da pesquisa qualitativa e utilizou a Revisão Sistemática de Literatura como abordagem, as bases de buscas foram: Banco de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e nas revistas qualificadas na área de Ensino A1 e A2, e a pesquisa teve como intervalo de busca os anos de 2007 a 2017. Como considerações finais, analisou poucos trabalhos que abordam a Sala de Aula Invertida, totalizando 24 de 29.425 trabalhos mapeados, porém, somente 1 abordava essa metodologia para o ensino da Matemática, evidenciando a necessidade de estudo sobre esta temática nos mais diversos níveis de ensino.

Palavras-chave


Sala de Aula Invertida; Matemática; Revisão Sistemática de Literatura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.15.2018.848-859.929

Revista Thema.

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia Sul-rio-grandense. Pelotas, RS, Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref            

Logotipo do Latindex