Método colagem Bibi – o estudo da geração de alternativas aplicado a um projeto de embalagem de doce caseiro

Autores

  • Gabriella Martins Porto Universidade Federal de Pelotas
  • Andreia Bordini de Brito Universidade federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.15536/2594-4398.2020.v4.n4.pp.201-225.1677

Resumo

Este artigo apresenta considerações sobre trabalho de conclusão da autora, desenvolvido no curso de Design Gráfico da Universidade federal de Pelotas, o qual aborda como tema central a análise e descrição do método de geração de alternativas denominado como método Colagem Bibi. Este, foi empregado para geração e criação de um modelo de embalagem da marca fictícia de doces caseiros: Chimia da Vó Vanda.

 

Biografia do Autor

Gabriella Martins Porto, Universidade Federal de Pelotas

Graduanda no curso de Design Gráfico pela Universidade Federal de Pelotas. Atualmente é estagiária na Coordenadoria de Produção de Tecnologias Educacionais (CPTE) do Instituto Federal Sul-Rio-Grandense. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Design Gráfico e Cinema.

Andreia Bordini de Brito, Universidade federal de Pelotas

Possui graduação em Desenho Industrial pela Universidade Federal de Santa Maria (2002), mestrado em Engenharia de Produção/Projeto de Produto pela Universidade Federal de Santa Maria (2003) e doutorado em Engenharia Agrícola e Ambiental pela Universidade Federal de Viçosa (2007). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de Pelotas.Tem experiência na área de Desenho Industrial, com ênfase em Planejamento de Embalagens, atuando principalmente nos seguintes temas: desenho industrial, projeto de produto, apresentação de projetos, projeto gráfico e ergonomia visual.

Referências

ANVISA. Perguntas View Rotulagem Nutricional. Disponível em: <http://portal.anvisa.gov.br/perguntas-view?p_p_id=101_INSTANCE_nySyFH9AWYKL&p_p_col_id=column-2&p_p_col_pos=1&p_p_col_count=2&_101_INSTANCE_nySyFH9AWYKL_groupId=33916&_101_INSTANCE_nySyFH9AWYKL_urlTitle=rotulagem-nutricional&_101_INSTANCE_nySyFH9AWYKL_struts_action=%2Fasset_publisher%2Fview_content&_101_INSTANCE_nySyFH9AWYKL_assetEntryId=417795&_101_INSTANCE_nySyFH9AWYKL_type=content> Acesso em: 15 de julho de 2019

CALZA, M. U.; POLIDORO, M. B. Considerações sobre a geração de

alternativas no design. Revista D.: Design, Educação, Sociedade e Sustentabilidade, Porto

Alegre, v. 7 n.1, 75-94, 2015.

CIARLINI, J. Brainfood, dude! Manual criativo e ilustrado de brainstorming para comunicadores organizacionais: Impresso no Brasil, 2014

JUST IN MIND. Low fidelity vs high fidelity wireframes: what’s the difference?. Disponível em: https://www.justinmind.com/blog/low-fidelity-vs-high-fidelity-wireframing-is-paper-dead//> Acesso em: 27 de junho de 2019

MARQUES, J. B. V., FREITAS, D. D. Método DELPHI: caracterização e potencialidades na pesquisa em Educação. 2018

MEU ESTILO DECOR. Você sabe o que é Moodboard?. Disponível em: <https://meuestilodecor.com.br/o-que-e-moodboard/> Acesso em: 19 de novembro de 2019

NOBLE, I.; BESTLEY, R. Visual Research. Editora Ava Publishing Sa, 2005

SUPER INTERESSANTE. O que era o Oráculo de Delfos?. Disponível em: <https://super.abril.com.br/mundo-estranho/o-que-era-o-oraculo-de-delfos/> Acesso em: 14 de maio de 2019

WIKIPÉDIA. Mockup. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Mockup//> Acesso em: 27 de junho de 2019

Publicado

2020-12-17

Como Citar

PORTO, G. M.; BRITO, A. B. de. Método colagem Bibi – o estudo da geração de alternativas aplicado a um projeto de embalagem de doce caseiro. Revista Poliedro, Pelotas, Brasil, v. 4, n. 4, p. 201-225, 2020. DOI: 10.15536/2594-4398.2020.v4.n4.pp.201-225.1677. Disponível em: http://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/poliedro/article/view/1677. Acesso em: 22 jan. 2021.

Edição

Seção

Iniciação Científica