Análise das produções acadêmicas do PROFMAT: a Estatística presente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.15.2018.1302-1317.917

Palavras-chave:

Formação de Professores. Qualificação de Professores. PROFMAT. Descritores.

Resumo

A partir de 1990, a Organização para Cooperação e o Desenvolvimento Econômico passa a dispor sobre os princípios e diretrizes para o desenvolvimento das políticas públicas educacionais na América Latina e Caribe. Em consonância com os programas dessa organização, o Ministério de Educação passa a instituir políticas públicas que articulam estratégias para a formação, a formação continuada e a qualificação dos docentes da Educação Básica no Brasil. Como resultado de uma dessas políticas, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior institui os Mestrados Profissionais em Rede Nacional, direcionados aos professores da Educação Básica, em efetivo exercício em sala de aula. Nessa perspectiva, os movimentos que constituem a escrita desse artigo tem por objetivo buscar, nos Trabalhos de Conclusão de Curso do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional – PROFMAT – aqueles que usaram em suas produções a Estatística Descritiva.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-03

Como Citar

Szewczyk, S. B. O., & Loguercio, R. de Q. (2018). Análise das produções acadêmicas do PROFMAT: a Estatística presente. Revista Thema, 15(4), 1302–1317. https://doi.org/10.15536/thema.15.2018.1302-1317.917

Edição

Seção

Ciências Humanas