As razões da conquista de Tenochtitlán (1519-1521) contidas na narrativa de Hernan Cortez

Autores

  • Alexandra Ferreira Martins Ribeiro Pontifícia Universidade Católica do Paraná http://orcid.org/0000-0002-3942-8050
  • Juliane Cristine Dias de Barros Jankowsk Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Vanessa Iansen Rodrigues Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Adriana Mocelim de Souza Lima Pontifícia Universidade Católica do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.15.2018.186-196.772

Palavras-chave:

Conquista, Hernan Cortez, Asteca.

Resumo

Este artigo faz um estudo da trajetória de Hernan Cortez, de 1519 até a conquista de Tenochtitlán, em 1521, e procura responder: de acordo com as representações contidas cartas de Cortez, quais razões levaram a civilização asteca a ser conquistada pelo contingente militar liderado pelo espanhol? O artigo buscou analisar algumas razões representadas nas cartas enviadas por Cortez que levaram à conquista de Tenochtitlán e relacioná-las com a historiografia acerca do tema. A metodologia utilizada foi análise das fontes buscando as representações das razões que foram narradas por Cortez, confrontando-as com os estudos de Levy (2010) e Léon-Portilha (2012), dentre outros. Os resultados demonstraram que superioridade bélica, comunicação, influência da religião, ambição, epidemias e o comando de Cortez foram algumas das possíveis razões da conquista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandra Ferreira Martins Ribeiro, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR. Bolsista Capes da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Graduação em andamento em Licenciatura em História PUC/PR. Possui especialização em MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria, (2004), Instituto Superior de Administração e Economia Fundação Getúlio Vargas, FGV/ISAE. Bacharel em Administração de Empresas, (2002), PUC/PR. Foi bolsista voluntária do Programa de Iniciação Científica PIBIC/CNPq, na linha de pesquisa de História, vinculada ao projeto Entre a Antiguidade e a Idade Média: diferentes concepções acerca do cristianismo, da PUCPR, no ano de 2015. Entre os anos 2014 e 2015 foi bolsista voluntária do Programa de Iniciação Científica PIBIC/CNPq, no campo da Educação vinculada ao projeto História, memória e formação de professores, da linha de pesquisa História e Políticas da Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Juliane Cristine Dias de Barros Jankowsk, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Licenciada em História pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2014). Foi aluna do Programa de Iniciação Científica (PIBIC) como voluntária. Áreas de atuação: História Moderna e Contemporânea, atualmente com pesquisa na área de História contemporânea ,História da Cultura Escrita e da Leitura, Estudos de Gênero e História das Mulheres.

Vanessa Iansen Rodrigues, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Licenciada em História pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2014). Foi aluna do Programa de Iniciação Científica (PIBIC) com bolsa da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Áreas de atuação: História Moderna e Contemporânea, atualmente com pesquisa na área de História da Alimentação. Entre março/2014 a julho/2015 foi bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBID) História-PUCPR com ênfase em pesquisa na área de Direitos Humanos.

Adriana Mocelim de Souza Lima, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Possui Graduação (2003), Mestrado (2007) e Doutorado (2013) em História pela Universidade Federal do Paraná. Atualmente é Professora Adjunta da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Medieval, atuando principalmente nos seguintes temas: Livro de Linhagens, Crônicas, Poder Régio, Nobreza Medieval e História Medieval Portuguesa. Membro do Núcleo de Estudos Mediterrânicos da Universidade Federal do Paraná e do Grupo de Estudos de História, Cultura e Política da Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Downloads

Publicado

2018-03-01

Como Citar

Ferreira Martins Ribeiro, A., Dias de Barros Jankowsk, J. C., Iansen Rodrigues, V., & Mocelim de Souza Lima, A. (2018). As razões da conquista de Tenochtitlán (1519-1521) contidas na narrativa de Hernan Cortez. Revista Thema, 15(1), 186-196. https://doi.org/10.15536/thema.15.2018.186-196.772

Edição

Seção

Ciências Humanas