Como trabalhar gráficos com aluno deficiente visual – Relato de experiência

Autores

  • Adriana da Silva Fontes Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Campo Mourão
  • Flávia Aparecida Reitz Cardoso Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Campo Mourão
  • Felipe Veiga Ramos UNiversidade TEcnológica FEderal do Paraná- Câmpus Campo Mourão

Palavras-chave:

, Construção de Gráficos, Deficiência Visual, Matemática, Física

Resumo

A formação dos alunos portadores de deficiência visual (DV) encontra várias barreiras devido ao reduzido número de pesquisas sobre a inclusão trabalhada em escolas regulares. Diante deste desafio, toda iniciativa com o propósito de contribuir para a superação da dificuldade no acesso a este conhecimento, certamente, é de grande importância. O presente trabalho visa compartilhar o relato de uma experiência, em sala de aula regular, de como ocorreu o processo ensino-aprendizagem de gráficos nas aulas de física concomitante com o de matemática, aplicado a um aluno portador de DV durante o 1º e 2º anos do ensino médio da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, campus de Campo Mourão. Observa-se, neste trabalho, que o aluno com DV pode fazer todas as atividades apresentadas à turma, porém, a seu tempo e necessitando de uma atenção diferenciada para algumas das atividades. Destaca-se neste trabalho a dedicação do aluno, o papel fundamental da instituição de ensino, e em especial, do professor para a obtenção dos resultados almejados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana da Silva Fontes, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Campo Mourão

Graduação em Matemática pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (1991), sendo licenciada em matemática e em física;
Especialista em Matemática pela Unicentro (1996)- campus de Francisco Beltrão.
Especialista em Gestão Agroindustrial - FECILCAM- Campo Mourão (1998)
mestre em Física pela Universidade Estadual de Maringá (2000)

Doutora em Física pela Universidade Estadual de Londrina (2009)

Flávia Aparecida Reitz Cardoso, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Campo Mourão

Graduada em Licenciatura em matemática pela FACEPAL (1992)

Especialista em Modelagem Matemática para o Ensino Superior pela FECILCAM (1998)

Mestre em Métodos Numéricos em Engenharia de Programação pela UFPR (2004)

Felipe Veiga Ramos, UNiversidade TEcnológica FEderal do Paraná- Câmpus Campo Mourão

Aluno do curso Técnico integrado em Informática

Downloads

Publicado

2012-09-28

Como Citar

Fontes, A. da S., Reitz Cardoso, F. A., & Ramos, F. V. (2012). Como trabalhar gráficos com aluno deficiente visual – Relato de experiência. Revista Thema, 9(1). Recuperado de https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/71

Edição

Seção

Ciências Exatas e da Terra