Memória, patrimônio e inclusão social: um olhar a partir da teoria ator-rede

Autores

  • Débora Adriano Sampaio Universidade Federal do Cariri (UFCA) http://orcid.org/0000-0003-0545-7379
  • José Mauro Matheus Loureiro Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
  • Izabel França de Lima Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.14.2017.237-247.553

Palavras-chave:

Memória, Patrimônio, Inclusão social, Teoria Ator-Rede.

Resumo

Desenvolve uma revisão de literatura com o objetivo de refletir sobre memória, patrimônio e inclusão social no âmbito da teoria antropológica, Ator-Rede (Actor Network-Theory). Aborda os conceitos de memória e de patrimônio na perspectiva das ciências humanas e sociais. A partir da conjectura geral sobre as noções de memória e patrimônio, considera a abordagem da Teoria Ator-Rede que amplia a ideia de ‘rede’ direcionando a relações, fluxos e mediações. Por meio da Teoria entendemos que uma rede não se reduz a um ator singular, mas é composta de elementos humanos e não humanos conectados, com características heterogêneas. Neste contexto, a memória e o patrimônio são abordados sob o ponto de vista da inclusão, a partir da compreensão interação advinda do interior das relações sociais, considerando a multiplicidade e a diversidade de fatores envolvidos, que produzem sentidos e significados diversos na perspectiva da ‘rede’. Portanto, essa reflexão nos permite ampliarmos o nosso olhar em torno da ideia de memória, patrimônio e inclusão, desafiando as reflexões atuais existentes a buscar outros sentidos e significados, analisados sob a fundamentação dessa Teoria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Débora Adriano Sampaio, Universidade Federal do Cariri (UFCA)

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (2011). Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (2006). Professora Adjunta do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do Cariri.

José Mauro Matheus Loureiro, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Bacharel em Museologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1980), Mestrado (1996) e Doutorado (2000) em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e estágio Pós-Doutoral em Antropologia Social (PPGAS/MN/UFRJ). Atualmente é Professor Associado IV da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Tem experiência na área de Ciência da Informação atuando principalmente nos temas informação, memória, ciência e cultura material.

Izabel França de Lima, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais(2012), mestre em Educação (2007) especialista em Gestão de Unidades de Informação (2006), graduada em Biblioteconomia (1989) e em Administração (1999) pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é professora Adjunta do Departamento de Ciência da Informação, do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação do Centro de Ciências Sociais Aplicadas e do Programa de Pós-Graduação em Gestão nas Organizações Aprendentes do Centro de Educação.

Downloads

Publicado

2017-12-06

Como Citar

Sampaio, D. A., Loureiro, J. M. M., & de Lima, I. F. (2017). Memória, patrimônio e inclusão social: um olhar a partir da teoria ator-rede. Revista Thema, 14(4), 237-247. https://doi.org/10.15536/thema.14.2017.237-247.553

Edição

Seção

Ciências Sociais Aplicadas