Caracterização do lodo proveniente do reator anaeróbio de leito fluidizado, localizado no município de Pelotas / RS

Autores

  • Giani Barwald Bohm IFSul
  • Lilian Medeiros Ribeiro IFSul
  • Léa Schneider IFSul
  • Natanael Rodrigo Xavier IFSul
  • Pedro Sanches Filho IFSul

Palavras-chave:

Lodo de esgoto, composição química, atividade microbiana, metais pesados.

Resumo

O lodo é o resíduo do tratamento de esgoto, rico em matéria orgânica e nutrientes indispensáveis ao crescimento e desenvolvimento das plantas. Uma opção ambientalmente sustentável para a disposição final do lodo de esgoto é seu uso como fertilizante e condicionador de solo na agricultura e em atividades florestais. Neste contexto, desenvolveu-se este trabalho com o objetivo de caracterizar o lodo de esgoto do Reator Anaeróbio de Leito Fluidizado (RALF) da estação de Tratamento de Pelotas, para analisar seu potencial para utilização na agricultura. As amostras foram coletadas em maio de 2010, em três pontos distintos no RALF, sendo um ponto de coleta a camada superior do reator (SR), outro o ponto mediano do reator (MR) e o terceiro ponto de coleta o leito de secagem (LS). Realizou-se a análise físico-química do lodo, análise da atividade microbiana e a análise dos metais pesados Zn, Fe, Cr, Cu e Pb. Verificou-se que a composição química do lodo quanto aos teores de N, P, K e pH são distintos entre os diferentes pontos de coleta. O lodo proveniente do leito de secagem (LS) apresentou teores de nitrogênio bem elevados, evidenciando potencial para a agricultura, bem como a maior atividade microbiana. Os teores de metais pesados foram mais elevados na parte superior do reator (SR), porém estão dentro dos limites estabelecidos pelo CONAMA, podendo ser utilizado para cultivos agrícolas.   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giani Barwald Bohm, IFSul

Doutora em Biotecnologia Agrícola, Profa do Depto de Tecnologia Ambiental e Coordenadora de Pesquisa do IFSul

Lilian Medeiros Ribeiro, IFSul

Tecnológa em Gestão Ambiental, Campus Pelotas- IFSul

Léa Schneider, IFSul

Tecnológa em Gestão Ambiental, Campus Pelotas- IFSul

Natanael Rodrigo Xavier, IFSul

Tecnológa em Gestão Ambiental, Campus Pelotas- IFSul

Pedro Sanches Filho, IFSul

Doutor em Química, prof. dos do Deptos de Tecnologia Ambiental e Química

Downloads

Publicado

2012-10-08

Como Citar

Bohm, G. B., Ribeiro, L. M., Schneider, L., Xavier, N. R., & Sanches Filho, P. (2012). Caracterização do lodo proveniente do reator anaeróbio de leito fluidizado, localizado no município de Pelotas / RS. Revista Thema, 9(1). Recuperado de https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/53

Edição

Seção

Ciências Exatas e da Terra

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)