Pensamentos sobre centros urbanos resilientes

Autores

  • Marcos Antonio Arrial IFsul
  • Luciana Roso Arrial IFSul

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.14.2017.318-328.382

Palavras-chave:

cidades resilientes, ser humano, desequilíbrio ambiental.

Resumo

AA justificativa para o artigo dá-se pelo fato de os seres humanos estarem vulneráveis aos desequilíbrios ambientais, independentemente da classe social, da etnia ou da localização geográfica. Contudo, podem enfrentar os diferentes desafios, a partir da existência de uma cultura relacionada à prevenção e proteção civil em relação aos desastres, por meio da sistematização das experiências vividas e do planejamento técnico. Este artigo tem como objetivo refletir sobre as ações de órgãos oficiais e/ou grupos civis organizados para enfrentar danos materiais e humanos nos centros urbanos decorrentes de eventos adversos causados pelo desequilíbrio ambiental, tendo como referencial o planejamento sustentável sistemático. A metodologia compreende uma pesquisa bibliográfica a partir do ano de 1996, data da realização da Segunda Conferência Europeia das Cidades Sustentáveis, realizada em Bruxelas, Bélgica, com o intuito de prover subsídios para o processo de conscientização de educandos e educadores sobre o valor da prevenção para o amparo das vidas humanas. Conclui-se que os centros urbanos não são vítimas do desequilíbrio ambiental, são corresponsáveis, sendo produtos e produtores da sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Antonio Arrial, IFsul

Especialista em Adminstração Pública e Gerência de Cidades (UNINTER). Administração de Pequenas e Médias Empresas (UNOPAR). Técnico administrativo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, câmpus CaVG. 

Luciana Roso Arrial, IFSul

Doutora em Educação Ambiental (FURG), Mestre em Educação Ambiental (FURG), Especialista em Grafica Digital (UFPEL), Arquiteta e Urbanista (UFPEL), Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense - campus CAVG. Área: Meio Ambiente.

Downloads

Publicado

2017-05-23

Como Citar

Arrial, M. A., & Arrial, L. R. (2017). Pensamentos sobre centros urbanos resilientes. Revista Thema, 14(2), 318–328. https://doi.org/10.15536/thema.14.2017.318-328.382

Edição

Seção

Outros (Bioética, Ciências Ambientais, Defesa, Divulgação Científica)