Tecnologia assistiva e envelhecimento no contexto da deficiência visual: um caso de construção de letramentos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V17.2020.483-494.1346

Palavras-chave:

Deficiência visual, envelhecimento, atividades de letramento, tecnologia assistiva.

Resumo

Este trabalho parte da seguinte questão: como viabilizar ao sujeito idoso com deficiência visual (DV) atividades de letramento e acesso a conteúdos culturais? Após o desenvolvimento de práticas pedagógicas que proporcionassem às pessoas com DV vinculadas a uma biblioteca específica do Distrito Federal – Brasília, foram propostas práticas de leitura e produção de textos, tendo como mediação recursos diversos de tecnologia assistiva acessível. O público referencial foram as pessoas com deficiência. Contudo, o estudo que se propõe foca num caso em particular que tem por objetivo revelar o resultado de investigação sobre as práticas de letramento vivenciadas por uma idosa com cegueira adquirida desenvolvido no âmbito de questões teóricas que envolvem o contexto da cegueira, da educação inclusiva e da tecnologia assistiva. Os resultados apontam para uma emancipação do sujeito, em contraposição à regulação que lhe é imposta pelo contexto social e familiar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Girlane Maria Ferreira Florindo, Instituto Federal de Brasília - Campus Taguatinga.

Doutoranda em Linguística na Universidade de Brasília. Professora de Letras-Português no Instituto Federal de Brasília - Campus Taguatinga.

Sylvana Karla da Silva de Lemos Santos, Instituto Federal de Brasília - Campus Brasília.

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Professora de Informática no Instituto Federal de Brasília - Campus Brasília.

Downloads

Publicado

2020-06-30

Como Citar

Florindo, G. M. F., & Santos, S. K. da S. de L. (2020). Tecnologia assistiva e envelhecimento no contexto da deficiência visual: um caso de construção de letramentos. Revista Thema, 17(2), 483–494. https://doi.org/10.15536/thema.V17.2020.483-494.1346

Edição

Seção

Ciências Humanas