Efeito do óleo de copaíba na adesão de células e viabilidade de células-tronco mesenquimais

Autores

  • Daniela Guerra Lund Laboratório de Hematologia e Células Tronco, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre; Instituto Federal RioGrandense IFSUL - Campus Pelotas
  • Daikelly Iglesias Braghirolli Laboratório de Hematologia e Células Tronco, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre; Programa de Pós-graduação em Fisiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre
  • Yakime Brito Adrião Laboratório de Hematologia e Células Tronco, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre
  • Miriam Anders Apel Laboratório de Farmacognosia, Faculdade de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre
  • Eduardo Luis Konrath Laboratório de Farmacognosia, Faculdade de Farmácia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre
  • Patricia Helena Lucas Pranke Laboratório de Hematologia e Células Tronco, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre; Programa de Pós-graduação em Fisiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre; Stem Cell Research Institute, Porto Alegre

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.16.2019.233-241.1189

Palavras-chave:

Oleorresina, Cultura de células-tronco, Óleo amazônico.

Resumo

A oleorresina de copaíba é amplamente utilizada como medicamento tradicional pelos índios da Amazônia, por meio da administração oral e tópica. Este produto natural possui propriedades anti-microbianas, anti-inflamatórias, anti-tumorais e também cicatrizantes. No presente estudo, o efeito da oleorresina da copaíba na viabilidade celular e na adesão de células-tronco mesenquimais foi avaliado in vitro. A concentração de óleo utilizada neste trabalho foi de 0,5 µg / mL durante um período de 7 dias. Os resultados mostraram que não houve diferença estatística para adesão celular. A análise do MTT indicou que não houve diferença estatística em relação à absorbância média no período de quatro horas para 1 dia. No entanto, ambos diferiram significativamente da absorbância média nos dias 3 e 7. Embora não haja diferença estatística entre os tratamentos, o óleo de copaíba não foi citotóxico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Guerra Lund, Laboratório de Hematologia e Células Tronco, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre; Instituto Federal RioGrandense IFSUL - Campus Pelotas

Sou Doutora em Biologia; Pós Doutora em Células tronco; atualmente leciono no IFSUL - Campus Pelotas (Área de Biologia); atuo a 4 anos como Mediadora a Distância no IFSUL - CAVG em Pelotas, no Curso de Agroindústria.

Downloads

Publicado

2019-05-01

Como Citar

Lund, D. G., Braghirolli, D. I., Adrião, Y. B., Apel, M. A., Konrath, E. L., & Pranke, P. H. L. (2019). Efeito do óleo de copaíba na adesão de células e viabilidade de células-tronco mesenquimais. Revista Thema, 16(1), 233-241. https://doi.org/10.15536/thema.16.2019.233-241.1189

Edição

Seção

Ciências da Saúde