O papel dos manuais escolares de Ciências Naturais do 8º ano na aprendizagem de processos científicos

Autores

  • José Luís Coelho da Silva Universidade do Minho, Instituto de Educação; Centro de Investigação em Educação

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.15.2018.1045-1063.1010

Palavras-chave:

Educação em Ciências, Atividades Laboratoriais, Processos Científicos, Metacognição

Resumo

A maioria dos manuais escolares portugueses de Ciências Naturais do 8.º ano privilegia atividades laboratoriais assentes em protocolos muito estruturados, determinando o modo de operacionalização de todas ou da maioria das fases a executar. Sabendo-se que estas atividades enfatizam a promoção da aprendizagem do conhecimento substantivo mas, também, contribuem, explícita e/ou implicitamente, para a aprendizagem do conhecimento procedimental, importa compreender o seu contributo no desenvolvimento da capacidade de operacionalização dos processos científicos. O estudo envolveu um corpus de 56 atividades laboratoriais, distribuídas por sete manuais escolares. A recolha de dados processou-se através da aplicação de uma grelha, com enfoque na operacionalização dos processos científicos em articulação com estratégias metacognitivas. Os resultados mostram a necessidade de repensar o tipo de atividades laboratoriais incluídas nos manuais escolares, incrementando situações de aprendizagem potenciadoras do envolvimento dos alunos na tomada de decisões acerca do modo de operacionalização dos processos científicos e na reflexão metacognitiva sobre o desempenho na sua execução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Luís Coelho da Silva, Universidade do Minho, Instituto de Educação; Centro de Investigação em Educação

José Luís de Jesus Coelho da Silva. Concluiu o doutoramento em Metodologia do Ensino das Ciências pela Universidade do Minho em 2007. É Professor Auxiliar na Universidade do Minho. Publicou 12 artigos em revistas especializadas e 45 trabalhos em atas de eventos, possui 13 capítulos de livros e 7 livros publicados. Possui 40 itens de produção técnica. Orientou 3 teses de doutoramento e orientou 15 dissertações de mestrado nas áreas de Ciências da Educação e Ciências Sociais. Entre 1989 e 2006 participou em 6 projetos de investigação. Atualmente participa em 1 projeto de investigação. Nas suas atividades profissionais interagiu com 118 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. No seu curriculum DeGóis os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Manuais Escolares, Autonomia, Ciências Naturais, Pedagogia Universitária, Aprendizagem Cooperativa, Avaliação, Educação Ambiental, Regulação da aprendizagem, Aprender a Aprender e Argumentação.

Downloads

Publicado

2018-08-14

Como Citar

Coelho da Silva, J. L. (2018). O papel dos manuais escolares de Ciências Naturais do 8º ano na aprendizagem de processos científicos. Revista Thema, 15(3), 1045-1063. https://doi.org/10.15536/thema.15.2018.1045-1063.1010

Edição

Seção

Ciências Humanas