Educação a Distância e Universidade Aberta do Brasil: reflexões e possibilidades para o futuro pós-pandemia

Marcos Rogério Martins Costa, Jonilto Costa Sousa

Resumo


Em virtude da pandemia de COVID-19, causada pelo novo vírus SARS-CoV-2, o tema da educação a distância ganhou notoriedade, uma vez que o ensino formal no Brasil e no Mundo teve que se adaptar a modalidade não presencial. Desse modo, este ensaio objetiva apresentar a modalidade de Educação a Distância (EaD) a partir da Universidade Aberta do Brasil-UAB, discutindo, em específico, a sua história, o financiamento e os profissionais envolvidos. Como metodologia, parte-se de um estudo exploratório, retomando bases históricas e teóricas acerca do tema. A fundamentação teórica se assenta, de um lado, nos estudos de especialistas da área da Educação e das Tecnologias Digitais de Comunicação e Informação-TDCI e, de outro, na legislação brasileira desenvolvida a respeito dessa temática. Como resultado parcial, depreende-se que o Programa UAB impactou positivamente a Educação brasileira, sobretudo o oferecimento de cursos do Ensino Superior a distância, só que não é uma estrutura que pode ser "copiada" para outras etapas e modalidades da Educação brasileira sem adaptações e novas contribuições no modelo de aprendizagem. 


Palavras-chave


Educação a Distância; Universidade Aberta do Brasil; modalidade não presencial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15536/thema.V18.Especial.2020.124-135.1832

Revista Thema

__________________________

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul).
Pelotas/RS - Brasil. 


Indexadores / Indexing

Logotipo do Crossref          

  Logotipo do Latindex