Panorama histórico do combate à umidade na Construção Civil: das paredes de adobe à aurora do Terceiro Milênio

Autores

  • Yuri Mariano Carvalho Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Vivian Gemiliano Pinto Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais - Campus Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.15536/thema.V17.2020.45-56.1530

Palavras-chave:

Manutenção de edifícios, impermeabilização, patologia das construções, história da Arquitetura.

Resumo

O combate à umidade em edificações humanas é um processo antigo, que remonta ao nono milênio antes de Cristo. O desenvolvimento técnico-científico empreendido pelas mais diversas civilizações da humanidade, como mesopotâmicos, romanos e chineses, acabou por levá-los a descobrir e aplicar inúmeras matérias-primas diferentes em suas obras com o intuito de manter a umidade fora de suas construções. A Idade Média, porém, não trouxe significativos avanços no tema, identificando-se somente no século XVIII nova impermeabilização com material betuminoso, cerca de 3500 anos após os primeiros registros de uso, em terras babilônicas. Neste contexto, o presente trabalho buscou traçar um quadro histórico dos materiais e técnicas construtivas adotadas no decorrer dos séculos, desde a antiga Mesopotâmia até o século XXI. Coube, ainda, um destaque à realidade brasileira a partir do período colonial, com o intuito de incentivar o combate à umidade em edificações desde o projeto inicial da construção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yuri Mariano Carvalho, Universidade Federal de Juiz de Fora

Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Juiz de Fora. Bolsista do PET Civil UFJF.

Vivian Gemiliano Pinto, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais - Campus Juiz de Fora

Doutora em Ecologia pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Mestra em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Minas Gerais, graduada em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Juiz de Fora.

Downloads

Publicado

2020-04-29

Como Citar

Mariano Carvalho, Y., & Gemiliano Pinto, V. (2020). Panorama histórico do combate à umidade na Construção Civil: das paredes de adobe à aurora do Terceiro Milênio. Revista Thema, 17(1), 45-56. https://doi.org/10.15536/thema.V17.2020.45-56.1530

Edição

Seção

Engenharias