Seleção de um referencial teórico e análise bibliométrica da gestão do conhecimento e design na agricultura familiar

Marco Antonio Weiss, Luiz Fernando Gonçalves de Figueiredo, Gregório Jean Varvakis Rados

Resumo


A agricultura familiar possui hoje um importante papel social e econômico, sendo responsável por 70% da produção dos alimentos consumidos no Brasil. Esta pesquisa visa estabelecer uma relação entre os temas “Agricultura Familiar”, “Gestão do Conhecimento” e “Design” através de uma análise bibliométrica de artigos publicados e disponíveis na base de dados Web Of Science, tendo como objetivo identificar o avanço de pesquisas que relacionam os três temas, observando as possíveis contribuições da Gestão do Conhecimento e do Design no desenvolvimento de empreendimentos de Agricultura familiar. Neste artigo, de caráter exploratório e descritivo, são apresentados indicadores quantitativos acerca dos resultados obtidos que servirão de embasamento para estudos futuros.

Texto completo:

PDF

Referências


AIAF. O que é agricultura familiar? In: Ano Internacional da Agricultura Familiar, 2014. (http://www.fao.org/family-farming-2014/home/what-is-family-farming/pt/)

BASSI, L. Harnessing the power of intellectual capital. The Knowledge Management Yearbook 1999-2000. Boston: Butterworth Heinemann, 1999.

CARREIRA, S. S. Diretrizes para práticas de gestão do conhecimento nas organizações de economia de comunhão à luz do perfil do empreendedor social. Dissertação (Mestrado). Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2017.

COELHO, L. A. L. (Org.). Conceitos-chave em design. Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio. Novas Ideias, 2011.

COSTABEBER, J. A.; MOYANO, E. Transiçao agroecológica e ação social coletiva. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, v. 1, n.º 4, p. 50-60, out./dez. 2000.

DOTSIKA, K; PATRICK, K. Collaborative KM for SMEs: a framework evaluation study. Information Technology & People, v. 26, n.º 4, p. 368-382, 2013.

FAO. Colocar os agricultores familiares em primeiro para erradicar a fome. In: Food and Agriculture Organization of the United Nations, 2014. (http://www.fao.org/news/archive/news-by-date/2014/pt/)

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

HICKEL, Denis Kern. O design como a expressão de fazer as coisas juntos: um entendimento ecológico. Projética, Londrina, v.6 n.º 1, p. 77-96, jul. 2015.

IBGE. Censo Agropecuário 2006: Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2009. (https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/agropecuaria/censoagro/2006_segunda_apuracao/default.shtm)

LAMARCHE, H. (coord.) A agricultura familiar: comparação internacional – do mito à realidade. Campinas, SP: Ed. UNICAMP, 1993.

LOCKTON, D.; HARRISON, D.; STANTON, N. The design with intent method: a design tool for influencing user behavior. Applied Ergonomics, v. 41, n.º 3, pp. 382– 392, 2010.

MIOR, L. C. et al. Redes, agroindústrias familiares e os novos mercados em Santa Catarina. In: ESTEVAM, D. O.; MIOR, L. C. (Orgs). Inovações na agricultura familiar: As cooperativas descentralizadas em Santa Catarina. Florianópolis: Insular. 2014. P. 73-100.

NIEDDERER, K. et al. Creating Sustainable Innovation through Design for Behaviour Change: Full Project Report. University of Wolverhampton, Project Partners & AHRC, 2014.

TENG, J. T. C.; SONG, S. An exploratory examination of knowledge-sharing behaviors: solicited and voluntary. Journal of Knowledge Management, v. 15, n.º 1, p. 104-117, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.15536/2594-4398.2018.v2.n2.pp.059-080.1071

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Marco Antonio Weiss, Luiz Fernando Gonçalves de Figueiredo, Gregório Jean Varvakis Rados

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Redes sociais

Facebook: https://www.facebook.com/revistapoliedro/

Twitter: https://twitter.com/revistapoliedro/

 

 

Todos os artigos da Revista Poliedro são publicados com a licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Os autores mantém os direitos autorais sobre suas produções, devendo ser contatados diretamente se houver interesse em uso comercial dos trabalhos.

Licença Creative Commons