O RELÓGIO DO CORPO HUMANO

Autores

  • Breda dos Santos Lisboa
  • Mariane Karolina da Silva Ferreira
  • Lidiani Alvares Martins

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.0.2014.%25p.683

Resumo

Existem problemas de saúde que a população não consegue resolver com o suporte oferecido pelos serviços públicos de saúde que são disponibilizados atualmente. Este trabalho visa promover a educação em saúde proporcionando o conhecimento da localização e do funcionamento dos órgãos do corpo humano, oportunizando utilizar plantas medicinais para o cuidado básico de saúde. Também é importante ressaltar sobre o resgate e valorização dos conhecimentos populares sobre plantas medicinais e a preservação da biodiversidade local. Para a realização desse projeto foi construído um canteiro redondo no qual foi feito um relógio, este foi dividido em doze partes iguais, as quais representam as horas do dia. Cada parte do canteiro do relógio representa um órgão do corpo humano, que está localizado no seu horário de melhor funcionamento. Em cada canteiro foram plantadas duas espécies diferentes de plantas medicinais indicadas para o tratamento fitoterápico de cada órgão, cujos estudos comprovam sua ação farmacêutica. O relógio do corpo humano produz plantas com qualidade, preserva a natureza e valoriza a biodiversidade. Este trabalho incentivou a pesquisa, o estudo e a valorização do uso das plantas medicinais no tratamento de problemas de saúde e o contato com o meio ambiente.

Downloads

Publicado

2017-08-06

Como Citar

Lisboa, B. dos S., Ferreira, M. K. da S., & Martins, L. A. (2017). O RELÓGIO DO CORPO HUMANO. Revista Educar Mais, (1). https://doi.org/10.15536/reducarmais.0.2014.%p.683

Edição

Seção

Artigos